Jovem é agredida e tem suástica desenhada com canivete em seu corpo

Foto: Reprodução/Via: Portal Vermelho.

Inflamados pelo discurso de ódio do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), três homens agrediram uma jovem de 19 anos na rua Baronesa do Gravataí, bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, um dia após o primeiro turno das eleições. 

Segundo registrado no Boletim de Ocorrência, a jovem foi agredida por três homens após descer do ônibus, quando ia para casa. Ela foi abordada pelos agressores porque estava usando uma camiseta com os dizeres #EleNão, em referência ao candidato Bolsonaro.

Os homens a seguraram e questionaram o motivo do uso da camiseta e a atingiram com socos. Em seguida, dois deles seguraram a estudante enquanto o terceiro cravava uma suástica na sua costela com um canivete. A suástica é símbolo do regime nazista alemão.

Orientada pela polícia, a vítima fez exame de lesão corporal. Devido ao susto, ela está tomando calmantes. Em seu relato, a jovem não quis se identificar com medo de represálias. As informações foram divulgadas pela Rádio Gauiba.

Este, infelizmente, não é o primeiro caso em que o discruso de ódio se transformou em ação. Veja outros ataques por intolerância política:

Capoeirista é morto por apoiador de Bolsonaro ao dizer que votou no PT

Estudante com boné do MST é espancado aos gritos de “Aqui é Bolsonaro”


Intolerância: Motorista atropela jornalista que usava camiseta do Lula

Abraji registra 130 agressões contra jornalistas cobrindo eleições

Apoiadores de Bolsonaro atacam nordestinos após eleição

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.