Jornalista denuncia os 9 parentes que Aécio Neves enriqueceu com dinheiro público

Publicado em: 04/04/2017 às 08:46

Por Thiago dos Reis.

NEPOTISMO de Aécio Neves (parentes empregados por ele no governo):

1– Oswaldo Borges da Costa Filho (genro do padrasto do governador), presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico e Minas Gerais;

Borges foi acusado de participar de uma fraude numa licitação aberta no município de Entre Folha para a compra de veículos Sprinter, da Mercedes Bens. O MP descobriu que participaram da licitação duas empresas que pertenciam ao presidente da Codemig. São elas: a empresa Juiz de Fora Diesel Ltda e a Minas Máquinas S/A.
Confira também, Aécio Neves: O vídeo que está chocando a internet

http://www.megacidadania.com.br/amigo-de-aecio-e-bandido/

2– Fernando Quinto Rocha Tolentino (primo), assessor do diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/MG);

Seu irmão, Tancredo Aladin Rocha Tolentino (na foto, vulgo “Quêdo”) está preso, acusado de comprar liminares para soltar traficantes de drogas em Cláudio, cidade onde Aécio construiu um Aeroporto na fazenda do pai de Tancredo e Fernando Tolentino.

http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,desembargador-e-denunciado-por-vender-liminar-imp-,834233

http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2014/07/aecio-usa-lei-para-contratar-parentes-no-governo-de-mg-6376.html

3– Guilherme Horta (primo), assessor especial do governador;

Com um salário superior aos R$ 9.000,00.

4– Tânia Guimarães Campos (prima), secretária de agenda do governador;

5– Frederico Pacheco de Medeiros (primo), secretário-adjunto de estado de governo; (à direita na foto)

Ex-presidente do PSDB de Belo Horizonte, foi investigado por um repasse de R$ 1,5 milhão que Duda Mendonça fez para uma campanha à prefeitura da cidade.

http://www.alertatotal.net/2006/02/cpi-investigar-remessa-de-us-15-milho.html

6– Andréia Neves da Cunha (irmã), diretora-presidente do Serviço de Assistência Social de Minas Gerais (Servas);

Sócia de uma das rádios de Aécio Neves, a Rádio Arco-Iris. A rádio tem em sua frota 13 carros de luxo no valor declarado de R$ 700 mil. O governo de Minas se recusou diversas vezes e até hoje se recusa a divulgar quanto gasta em verbas de publicidade na rádio.

http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,mp-investigara-repasses-do-governo-de-minas-para-radio-de-aecio-neves,851542

7– Ana Guimarães Campos (prima), servidora do Servas;

8– Júnia Guimarães Campos (prima), servidora do Servas;

9– Tancredo Augusto Tolentino Neves (tio), diretor da área de apoio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

Após denúncias de irregularidades perdeu o cargo no BDMG mas assumiu a PROMINAS, indicado pelo sucessor de Aécio, Antônio Anastasia.

http://www.prominasmg.com.br/pt-br/prominas/08/dly3wnhj5/.html

Deixe uma resposta