Jesus Cristo seria crucificado novamente…

Jesus Cristo seria crucificado novamente…

Dom Luiz C. Eccel, para Desacato.info*

Hoje tenho provas e convicção que os mais fortes argumentos não convencem a massa de incautos, obtusos e apáticos de que cometeram injustiça, e uma grande asneira, em apoiar o golpe.

Nem Jesus Cristo, em pessoa, convenceria esta massa de ignorantes e fanáticos pelas mentiras com cara de verdade, que a elite, com o apoio da grande mídia, colocou em suas mentes apequenadas. Esta massa está simploriamente obcecada pelo “grande feito” de “purificar” o Brasil, devolvendo-o para a elite nacional e internacional que explora sem compaixão.

Sem dúvida, crucificariam Jesus Cristo, novamente, se ele tentasse mostrar o contrário. A grande mídia conseguiu seu objetivo de, não somente, emburrecer e amortecer as consciências da massa, mas de a plenificar de ódio pela esquerda, exatamente como Hitler o fez contra os Judeus, e outras etnias e seguimentos sociais, no início do século XX, época para a qual o Brasil já regrediu em quase todos os aspectos, em poucos meses.

A elite demonizou o PT, e a esquerda em geral, porque sabia que mais um pouco de tempo e o Brasil se tornaria uma democracia plena, onde prevaleceria a igualdade geradora de vida com dignidade para todas as pessoas, ao contrário da desigualdade promotora da morte, propiciada pela elite.

A massa desconhece a História; desta forma, não sabe que a corrupção sempre esteve presente entre os políticos de todos os tempos, especialmente entre os políticos de direita, ou seja, da elite burguesa.

Qual o índice das pessoas que conhecem um pouco da geopolítica, e como funciona? Creio que a grande maioria não sabe que os donos do capital, sempre apoiados pelo Tio Sam, invadem nações, dão golpes, promovem guerras, com o pretexto de proteger os povos, mas na verdade o fazem para dominar, se apropriar das riquezas naturais desses países; no caso do Brasil especialmente o pré-sal e o Aquífero Guarani. A história prova que os da “casa grande” não se importam com os da “senzala”.

Há poucos dias li uma matéria que criticava a PEC 241, que no Senado é de número 55, afirmando que ela trará muitos sofrimentos aos pobres, sem taxar as grandes fortunas, que poderia solucionar o problema fiscal do país; mas criticava, também, o governo anterior por não tê-lo feito. Esquece o autor que o governo anterior tentou fazer isto, e muito mais, porém a elite não permitiu, portanto, o autor usou de má fé. Não mencionou sequer os avanços sociais do governo anterior; foi, no mínimo, tendencioso. Alguns críticos da esquerda elogiaram a atitude do autor em relação à PEC 241, sem perceber que este detalhe faz muita diferença. Poderia, pelo menos, ter afirmado que o governo anterior tirou o Brasil do mapa da fome, segundo a ONU; e que, no governo anterior, em torno de 40 milhões de pessoas foram tiradas da miséria absoluta, que é mais ou menos o tanto da população da nação Argentina.

Aliás, parece que a maioria esquece que a presidenta, vítima do golpe, praticamente não conseguiu implementar quase nada no seu segundo mandato, pois seus projetos não eram aprovados pelo congresso, dominado pela elite, com o objetivo de alardear, pela mídia golpista, que havia um desgoverno, mas gerado pela burguesia sórdida, infiltrada em tudo.

Tenho esperança de que um dia essa massa incauta amadureça e desperte de sua letargia mórbida, se dando conta do quanto perdeu de conquistas e fez os inocentes perderem.

Após ler o exposto, alguém se perguntará se sou contra a Lava Jato.  Sou a favor, desde que se faça justiça. Mas é preciso dizer que também este processo foi engendrado pelo imperialismo estadunidense, com a finalidade acima mencionada, de tomar nossas riquezas naturais. Isto fica provado pela espionagem revelada pelo Edward Snowden, ex-técnico da CIA, hoje exilado na Rússia(o caso WikiLeaks) e também, pela seletividade, parcialidade, falta de isenção e arbitrariedade com que é conduzido o processo.

Enquanto isto, nos bastidores, e também à luz do dia, a elite safada se banqueteia, jogando as migalhas para esta massa deformada, que age como animal adestrado, pela mídia golpista. Assim, a maioria do povo caminha por uma pinguela que, infelizmente, levará a um túnel escuro (contrário ao clarão dos fogos na noite de 17/04/2016, quando o processo de impedimento foi aprovado na Câmara Federal, mesmo não havendo crime para tal), sem previsão de luz no seu final, pois desde agora aumenta, também, o preço  da energia elétrica…

Outros poderiam argumentar: ele é adepto do quanto pior melhor. Não o sou. Mas sou realista aberto à esperança. Tenho consciência que se colhe o que é semeado. Por este país afora foi semeada a injustiça, e infelizmente as classes menos favorecidas, que são compostas pela maioria do povo, vão colher os frutos amargos da mesma. Porém, tenho a esperança de que as sementes lançadas pelos profetas e profetizas, levadas pelos ventos e vendavais, a seu tempo, germinarão, florescerão e os bons frutos ressurgirão… A classe estudantil, plena de sonhos lindos, começa a dar sinais, apesar de todas as repressões deste Estado de Exceção…

Deus tenha compaixão e misericórdia dos pobres desta nação, e do mundo inteiro.

*Bispo Emérito da Igreja Católica

Imagem tomada de: BBC.com

 

Você precisa estar logado para postar um comentário Login