Invictus Nelson Mandela cumpre 95 anos

mandela2O Invictus Nelson Mandela cumpre 95 anos na próxima quinta-feira e, como no filme de sua vida, a África do Sul se prepara para comemorar outro grande acontecimento na trajetória de um dos líderes políticos mais queridos do mundo.

O inverno austral lança suas brisas geladas sobre as alturas do Union Building, o Palácio Presidencial, mas isso é um pouco distante de onde se encontra hospitalizado Mandela desde 8 de junho devido a uma infecção pulmonar recorrente.

Desde então, as notícias da nação arco-íris começam e terminam ao redor de Madiba ou Tata, como chamam carinhosamente o homem que passou 27 anos na prisão em um luta firme contra o apartheid.

Para um recém-chegado, passar pelo Union Building é uma impressão bastante forte. De alguma forma, a memória se confunde com Matt Damon (François Pienar) a caminho do encontro com Morgan Freeman (Mandela) no início de Invictus.

Depois, a linda cidade de traços ordenados e vegetação colorida concentra aglomerações basicamente em um ponto: o Medi-Clinic Heart Hospital, onde Mandela, segundo as últimas informações, parece mostrar sinais alentadores de recuperação.

Em estado crítico mas estável, uma frase que não tem mudado muito nas últimas semanas, o Prêmio Nobel da Paz recebe centenas de milhares de mensagens e apoio tanto da comunidade nacional como estrangeira.

Crianças que padecem de câncer de uma organização humanitária se reuniram em frente ao centro médico para fazer com tortas de merengue um desenho com o rosto de Mandela, ao mesmo tempo que adiantavam os parabéns por seu 95 aniversário.

Também, um jogo de futebol em homenagem a Madiba teve um resultado surpreendente: o triunfo do Supersport United da África do Sul no estádio Loftus Versfeld de Pretória sobre o Manchester City da Inglaterra 2-0.

Em Tshwane, como os nativos chamam à capital administrativa do país, Mandela enfrenta problemas pulmonares que arrasta desde que esteve encarcerado em Robben Island, perto de Cidade do Cabo, de onde saiu em 1990.

Talvez agora como nunca, sua frase favorita do poema Invictus de William Ernest Henley se faz verdade: I am the master of my fate, I am the captain of my soul (sou o amo de meu destino, sou o capitão de minha alma).

Fonte: Prensa Latina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.