Iela lança Biblioteca do Pensamento Crítico Latino-Americano

O Instituto de Estudos Latino-Americanos (Iela), da Universidade Federal de Santa Catarina, lança nesta terça-feira, dia 19, às 18h30min, no Auditório do CSE, o primeiro livro da coleção Pátria Grande, Biblioteca do Pensamento Crítico Latino-Americano, que deverá reunir 40 volumes, todos editados pela Editora Insular, de Florianópolis. A intenção é divulgar autores e obras clássicas das ciências sociais na América Latina que deram vida ao que entrou para a história como “pensamento crítico latino-americano”. As obras escolhidas para compor esta Biblioteca são inéditas ou foram divulgadas apenas marginalmente no Brasil. Com esse trabalho, o Iela inaugura mais um a frente de ação. Não apenas no debate sistemático das temáticas latino-americanas, como faz anualmente com as Jornadas Bolivarianas, mas o estudo permanente de pensadores praticamente desconhecidos nas universidades brasileiras. A coleção, ao ser concretizada em livro, eterniza, em português, obras de fundamental importância para se compreender a América Latina.

O primeiro volume da coleção já está nas livrarias, é o livro “Subdesenvolvimento e revolução”, do mineiro Ruy Mauro Marini (1932-1997), publicada originalmente no México em 1969 e que ganhou sucessivas edições em muitos países sem, contudo, jamais ter sido publicada em nosso país.

O lançamento será acompanhado de uma conversa com o professor Carlos Eduardo Martins, chefe do Departamento de Ciência Política da UFRJ e Nildo Ouriques, do Departamento de Economia da UFSC. Os dois professores conheceram e trabalharam com Ruy Mauro Marini e vão falar da obra e da vida desse importante intelectual brasileiro.

Dia 19, terça-feira, 18h30min, Auditório do CSE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.