Grupo de estudos LGBT discutirá a política sexual na ditadura militar

O Centro Acadêmico Livre de Psicologia (CALPsi) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promoverá na próxima quarta-feira, 18 de setembro, através do Grupo de Estudos LGBT Seremos, o primeiro encontro sobre o Movimento LGBT durante a Ditadura Militar.

A principal motivação do encontro foi a ação de tentativa de censura de livros com conteúdos LGBT, durante a XIX Bienal Internacional do Livro, no Rio de Janeiro, por ordem do prefeito Marcelo Crivella. A partir da reflexão do avanço de ações homofóbicas e da censura no país, o grupo propõe um resgate sobre a história do movimento LGBT no Brasil.

Para participar da discussão, é recomendada a leitura do texto “Uma ditadura hetero-militar: notas sobre a política sexual do regime autoritário brasileiro”, do pesquisador Renan Quinalha, que pode ser acessado aqui. O evento iniciará às 14h,  será no hall do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) e é aberto para toda a comunidade.

Com jornalismo e ficção, o Documento Audiovisual NOVEMBRADA – “QUARENTA, Pra Não Esquecer”, vai contar o que viveram e sentiram os moradores de Florianópolis e Região no fato conhecido como Novembrada que, no dia 30 de novembro, completa 40 anos. Saiba mais em https://www.catarse.me/quarenta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.