Governo de Santa Catarina é multado em 50 milhões

Por Gilead Maurício.

O governo de Santa Catarina foi multado pela Receita Federal. A multa, segundo fonte, gira na casa dos 50 milhões de reais. O motivo da multa foi o não recolhimento do INSS dos advogados que compõe a chamada Defensoria Dativa. O Estado comandado pelo governador Raimundo Colombo (DEM) é o único da Federação que não tem Defensoria Pública. Um convênio com a OAB/SC permite que advogados cadastrados pela entidade recebam honorários para atender a população carente. O Estado deposita os valores na conta da OAB, que por sua vez faz o repasse aos seus profissionais – antes, porém, a Ordem pega os 10% de comissão que lhe compete.

O problema é que nesse vira e mexe do dinheiro público o INSS precisa ser recolhido. Quem deveria fazê-lo, o Estado, a OAB? Ninguém fez e o contribuinte catarinense terá que arcar com o prejuízo. A Receita Federal cobrou todo o tributo devido nos últimos cinco anos e, conforme a lei, acrescentou-lhe multa de 100%. E agora, José? Conversei com o procurador-geral do Estado, Nelson Serpa, e ele foi categórico: “a nossa defesa será no sentido de que não cabia ao Estado fazer o recolhimento do INSS”. A AOB não quis se pronunciar sobre o assunto.

O atual governador de Santa Catarina, seguindo os passos do antecessor, está de mãos dadas com a OAB no intuito de evitar a criação da Defensoria Pública. O principal argumento que eles usam é que o atual sistema – embora infringindo o artigo 134 da Constituição Federal – é menos oneroso. A OAB chegou, inclusive a veicular um abaixo-assinado eletrônico contra a criação da Defensoria. Apesar dos constantes clamores da população de Santa Catarina, o executivo prefere ouvir a OAB. E agora, na hora de pagar a conta, vão continuar entre beijos ou vão sair no tapa? Toda a suposta economia, tão alardeada por eles, foi por água abaixo. Sentindo-se acima da lei, deixaram de pagar o imposto devido à nação. Ou não sabiam que é obrigatório o recolhimento do INSS? E quem embolsou o tributo sonegado?

Não é esse o momento para que, enfim, Santa Catarina saia da contramão e crie sua Defensoria Pública? Não é esse o momento de os catarinenses cobrarem do Governo uma postura mais ligado ao povo do que a um órgão classista? Não é esse o momento de a imprensa esquecer as gordas verbas publicitárias do Governo e trabalhar um pouco a serviço da população?

Para saber mais:
http://www2.unochapeco.edu.br/~defensoriapublica_sc/
http://adepmg2009.blogspot.com/2011/07/santa-catarina-debate-criacao-da.html

http://gileadmauriciojornalista.blogspot.com/2011/08/governo-de-santa-catarina-e-multado-em.html

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDia dos pais
Próximo artigoTrês mortos em Birmingham

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.