Florianópolis: PM joga bombas de gás e reprime manifestação Fora Temer com crianças, idosos e mulheres grávidas

2017-05-19 11:19

A Polícia Militar, como sempre, estava protegendo fortemente a Igreja Universal da Av. Mauro Ramos quando, segundo relatos da polícia, uma pedra teria sido atirada em direção ao edifício. A resposta imediata da PM, sem medir consequências, foi o avanço com bombas, cavalaria e Tropa de Choque, tentando dispersar a manifestação.

Marcelo Zapelini, jornalista do Portal Desacato, ficou ferido por uma bala de borracha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Semelhante repressão já havia acontecido durante o ato de repúdio a Jair Bolsonaro ontem, 18 de maio.

Repressão policial durante ato de repúdio ao deputado Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Zapelini/Desacato.info
Repressão policial durante ato de repúdio ao deputado Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Zapelini/Desacato.info
Repressão policial durante ato de repúdio ao deputado Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Zapelini/Desacato.info
Repressão policial durante ato de repúdio ao deputado Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Zapelini/Desacato.info
Repressão policial durante ato de repúdio ao deputado Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Zapelini/Desacato.info
Repressão policial durante ato de repúdio ao deputado Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Zapelini/Desacato.info

Fontes: Vereador Lino Peres e Desacato.info.

 

 

Deixe uma resposta