Fique atento ao Cine Clube 2017

Publicado em: 12/08/2017 às 08:54
Fique atento ao Cine Clube 2017

Dia 14, segunda-feira, 19h, Cine Aliança Francesa

14 - mercenaireMercenaire

de Sacha Wolff. França. 2015. 104 min. Drama. 12 anos. Com Iliana Zabeth, Laurent Pakihivatau, Toki Pilioko.

Jovem caledônio sonha em tornar-se um jogador de rúgbi. Para isso ele precisa deixar o seu lar para trás e se mudar para a metrópole, algo que deixa o seu pai, uma figura autoritária, pouco feliz.

 

Dia 15, terça-feira, 19h, Retrato do Cineasta Enquanto Jovem

15 - sou autosuficienteEu sou Autossuficiente

de Nanni Moretti. Itália. 1976. 95 min. Comédia. Sem classificação. Com Luciano Agati, Lorenza Codignola, Simona Frosi.

Jovem se adapta à nova vida, após ser deixado pela mulher e filho, passando os dias com seu grupo de teatro.

 

 

 

Dia 16, quarta-feira, 19h, Art 7 – Ciclo: Vida dos pintores

16 - moulin rougeMoulin Rouge

De John Huston. Reino Unido. 1952. 120 min. Biografia/Drama. Sem classificação. Com José Ferrer, Zsa Zsa Gabor, Suzanne Flom.

Toulouse-Lautrec é contratado para produzir um novo cartaz publicitário para o cabaré Moulin Rouge.Tal cartaz o torna célebre da noite para o dia

 

 

Dia 17, quinta-feira, 19h, Economia do Cinema

17 - noite do espantalhoA Noite do Espantalho

de Sérgio Ricardo. Brasi. 1974. 93 min. Drama musical. 14 anos. Com Geraldo Azevedo, Fátima Batista, Ana Lúcia Castro.

No miserável nordeste brasileiro, um rico coronel quer expulsar uma família de sua propriedade, e um vaqueiro inicia uma revolta contra ele.

Comentarista: Felipe Maciel, músico e graduando em Ciências Econômicas (UFSC). Bolsista de cultura do Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA-UFSC) onde organiza o Circuito de Cinema Latino-Americano e Caribenho Ali Primera (CIRCULA). Pesquisador do projeto “A Câmara Acústica de Sérgio Ricardo” (LIS-UDESC).

 

Dia 18, sexta-feira, 19h, Psicanálise vai ao Cinema

18 - miss violenceMiss Violence

de Alexander Avranas. Grécia. 2013. 98min. Drama. 18 anos. Com Themis Panou, Reni Pittaki, Eleni Roussinou.

Um segredo familiar levado às últimas consequências. Miss violence retrata um cotidiano familiar marcado por relações bastante violentas.

Comentarista: Gustavo Ramos, doutorando em Literatura (UFSC), participante das atividades da EBP/SC.

 

Dia 21, segunda-feira, 19h, Cine Africano

21 - yesterdayYesterday

de Darrell Roodt. África do Sul. 2004. 98min. Drama. 16 anos. Com Kenneth Khambula, Leleti Khumalo, Harriet Lenabe.

Yesterday é uma moça do Sul da África que vem a adoecer e a descobrir que é portadora do vírus da Aids. A doença faz com que seu marido a rejeite, e, em meio a tanto sofrimento, que ela lute para sobreviver e ver sua filha indo para a escola.

 

Dia 22, terça-feira, 19h, Retrato do Cineasta Enquanto Jovem

22 - ecce bomboEcce Bombo

de Nanni Moretti. Itália. 1978. 103 min. Comédia, drama. Sem classificação. Com Nanni Moretti, Luisa Rossi, Lina Sastri.

Grupo de amigos que participou dos movimentos estudantis da década de 60 se reúne em restaurante para jogar conversa fora e divagar sobre sua situação.

 

Dia 23, quarta-feira, 19h, Art 7 –  Ciclo: Vida dos pintores

23 - schieleEgon Schiele – Excesso e Punição

(Exzesse) de Herbert Vesely. Alemanha. 1981. 95min. Biografia / Drama. Classificação 18 anos. Com Mathieu Carrière, Jane Birkin, Christine Kaufmann.

Os amores e as polêmicas na vida do austríaco Egon Schiele, que sofreu críticas por conta de suas obras, consideradas “pornográficas” para a época.

 

Dia 24, quinta-feira, 19h, Foco em Cinema

24 - mideraruTormento

(Midareru) de Mikio Naruse. Japão. 1964. 98 min. Drama. Sem classificação. Com Hideko Takamine, Yûzô Kayama, Mitsuko Kusabue.

Viúva trabalha para manter a loja da família do marido morto, enquanto os sogros planejam fechar o negócio e abrir um supermercado no lugar.

 

Dia 25, sexta-feira, 19h, Foco em Cinema

25 amantesAmantes

(Two Lovers) de James Gray. EUA, França. 2008. 110 min. Drama, romance. 14 anos. Com Joaquin Phoenix, Gwyneth Paltrow, Vinessa Shaw.

Após tentativa de suicídio, homem se vê dividido entre duas mulheres com estilos de vida muito diferentes.

Comentarista: Bruno Andrade, Crítico e pesquisador. Colaborou para publicações nacionais e internacionais, em mídia impressa e online. Editor da Foco – Revista de Cinema.

 

Dia 28, segunda-feira, 19h, Cine Aliança Francesa

28 - lumumbaLumumba

de Raoul Peck. França, Bélgica, Alemanha. 2000. 116 min. Biografia, histórico. Sem classificação. Com Eriq Ebouaney, Alex Descas, Théophile Sowié.

A história da ascensão ao poder e do assassinato de Patrice Lumumba, primeiro ministro do Congo quando este se tornou independente, que foi vilanizado pela imprensa internacional graças a interesses econômicos da Bélgica e Estados Unidos.

 

Dia 29, terça-feira, 19h, Retrato do Cineasta Enquanto Jovem

29 - doces sonhosBons Sonhos

(Sogni D’Oro) de Nanni Moretti. Itália. 1981. 105 min. Comédia, drama. Sem classificação. Com Nanni Moretti, Piera Degli Esposti, Remo Remotti.

Diretor de cinema prepara seu próximo filme, que será sobre Sigmund Freud. Enquanto isso, enfrenta a sua vida diária alternada com sonhos cada vez mais reais e absurdos.

 

Dia 30, quarta-feira, 19h, Art 7 –  Ciclo: Vida dos pintores

30 - FridaFrida

de Julie Taymor. EUA. 2002. 123min. Biografia / Drama. Sem classificação. Com Salma Hayek, Alfred Molina, Antonio Banderas.

A vida da pintora Frida Kahlo (1907-1954) desde a sua adolescência até a morte.

 

Dia 31, quinta-feira, 19h, O Filme que eu Gostaria de ter Feito

31 - O fardo dos sonhosO Fardo dos Sonhos

(Burden of Dreams) de Les Blank. EUA. 1982. 95 min. Documentário. Sem classificação. Com  Werner Herzog, Klaus Kinski, Claudia Cardinale

Relato das gravações do épico Fiztcarraldo, que Werner Herzog filmou na selva amazônica, onde a equipe encontrou problemas com o clima e com as tribos locais.

Comentarista: Prof. Dra. Patricia Iuva – Bacharel em Publicidade e Propaganda (UFSM). Mestre em Ciência da Comunicação (UNISINOS). Doutorado em Comunicação e Informação (UFRGS). Professora Adjunta e subcoordenadora do Curso de Cinema da UFSC.

Fonte: Fundação Cultural.

Deixe uma resposta