Filme de Contagem (MG) narra a vida da classe trabalhadora com sensibilidade

Foto: Divulgação.

Por Rafaella Dotta.

Um filme sobre o trabalhador brasileiro tem rendido prêmios e elogios internacionais. “Arábia” conta a vida de Cristiano, que vive na estrada procurando empregos de cidade em cidade, um “trabalhador de trecho”. A história se passa nas terras mineiras de Ouro Preto a Contagem.

O filme tem sido muito elogiado. Alguns críticos chamam atenção para o lado sensível do longa, outros afirmam que o roteiro não é somente sobre uma pessoa, mas sim sobre a classe trabalhadora como um todo. O enredo embarca em amores, amizades, empregos, e acaba formando a trajetória de todo trabalhador brasileiro.

Um dos diretores, Affonso Uchoa, preocupa-se com a falta de identificação que um trabalhador brasileiro tem com o outro, ou seja, a falta de identificação de classe. O tema do filme nasceu desta inquietude. “O cinema brasileiro parecia que tinha se esquecido da figura do trabalhador. A gente percebia que isso gerava outros problemas. A cultura, a sociedade, nem mesmo a política falava dos trabalhadores. E por quê?”, questiona.

Affonso é de Contagem, cidade mineira de característica proletária, e divide a direção do filme com João Dumans.

Prêmios

O “Arábia” já correu o mundo e ganhou honrarias em festivais de 13 países – um destaque muito positivo para o cinema brasileiro. No 2º Graba Festival Audiovisual, realizado na Argentina, foi considerado o melhor filme produzido na América Latina neste ano. Ganhou também o prêmio nacional de melhor filme, melhor ator, melhor trilha, melhor crítica e melhor montagem do 50º Festival de Brasília.

Assista

O filme Arábia está em cartaz em Belo Horizonte no Cine Belas Artes, nos horários de 14h20, 16h40 e 19h10. Já em Contagem, o filme passa no Cineart Shopping Contagem, às 18h40. A equipe do filme pretende realizar sessões gratuitas em data próxima ao 1º de maio.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.