Feminismo, política e muito mais: Armazém reúne cerca de mil trabalhos de 439 artistas

Legitimado pelo Prêmio Elisabete Anderle 2017

Este slideshow necessita de JavaScript.

Feminismo, política, manifesto ambiental, cidadania. Uma amplidão discursiva no campo das artes visuais. Espaço físico movente que regula o fluxo de mercadorias, no caso obras artísticas, entre a oferta do fabricante (artista), comerciante (espaço expositivo) e o consumidor (público/espectador/perceptor), as ações do Armazém abarcam múltiplas possibilidades que não se esgotam numa simples definição.

Para quem quer conhecer melhor do que se trata, entre 18 de abril e 9 de junho, na sala Lindolf Bell, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis (SC), ocorre a exposição e feira de arte “O Mundo como Armazém”.

Entre selecionados, convidados e obras do acervo, se propõe investigar questões e relações entre publicação de artista, o múltiplo, arquivo e coleção. A mostra reúne mais de 400 artistas e cerca de 700 trabalhos. A iniciativa está legitimada pelo Prêmio Edital Elisabete Anderle 2017 e integra o projeto expositivo de extensão do Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) nas comemorações dos 70 anos da instituição que incluem as mostras “Desterro Desaterro – Arte Contemporânea em Santa Catarina”, uma coletiva com artistas de diferentes gerações e “O Tempo dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália”, projeto que traz ao Brasil a vigorosa tradição artística daquele país.

Idealizado como um grande encontro entre artistas/coletivos/editoras independentes e público, a mostra/feira reúne arte de obras que sejam múltiplos, ou seja, aquelas que são produzidas em número ilimitado, mediante diferentes processos industriais ou não como publicações de artista, livros de artista, cadernos de artista, cadernos de desenho, diários de artista, diários de bordo, postais, panfletos, cartazes, gravuras, fanzines, lambe-lambes, stickers, cartões, carimbos, objetos, etc. As tiragens são diferenciadas entre pequenas e grandes edições.

A exposição reúne o acervo do Armazém, constituído de nomes nacionais e internacionais, e artistas convidados e selecionados. Juntos, as cerca de 400 representações resultam num panorama abrangente. Sem hierarquias, a montagem adota critérios diferenciados a cada edição. Lugar do artista no sistema de arte, importante ou iniciante, sua origem, não importa. Armazém é regido por um plano de igualdade e cabe ao público fazer suas descobertas e curtir as grandes surpresas. Pelo volume de trabalhos, é recomendável ir com tempo, porque a mostra é envolvente, convida ao mergulho, à atenta observação. Só para dar algumas dicas, é possível se deparar com obras de Cildo Meirelles, Leonilson (1957-1993), Rosângela Rennó, Guto Lacaz, William Kentridge, John Cage (1912-1992), Yoko Ono, Helio Oiticica (1937-1980), Joseph Beuys (1921-1986), entre outros. No âmbito de Santa Catarina, as representações se alargam a partir da Capital, abarcando nomes como Cyntia Werner, Sérgio Adriano H, Sandra Cecruski, Editora Micronotas, da região Norte, Joinville; Daniela Zacarão e Odete Calderam, da região Sul, de Criciúma; Diana Chiodelli, Janaína Schvambach e Audrian Cassanelli, do Extremo-oeste, de Chapecó; Márcia Cardeal, de Brusque; Kim Coimbra e Sarah Uriarte, de Itajaí.

A décima sexta edição do projeto Armazém prevê também um seminário sobre o tema múltiplo e publicação de artista, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Nos dias 8 e 9 de junho, a iniciativa finalizará com um grande feira/encontro entre artistas/coletivos/editoras e público.

Sobre o Armazém:

Criado em 2011, o projeto Armazém apresenta, através de exposições e feiras de arte, obras que sejam múltiplos como publicações de artista, livros de artista, cadernos de artista, cadernos de desenho, diários de artista, diários de bordo, postais, panfletos, cartazes, gravuras, fanzines, lambe-lambes, stickers, cartões, carimbos, objetos, etc; ou seja, trabalhos que tenham tiragens. Três fatores dão título ao projeto: a primeira edição aconteceu em Florianópolis (SC), no Museu Victor Meirelles, instalado na casa natal de Victor Meirelles na qual funcionou um bar e armazém durante parte da primeira metade do século 20. Além das relações com o espaço físico da instituição, a edição inaugural referencia o grupo Fluxus e o texto de Arthur C. Danto, “O Mundo como Armazém: Fluxus e Filosofia”, no livro “O que é Fluxus? O que Não É! O Porquê”, publicado em 2002 pelo Centro Cultural do Banco do Brasil/The Gilbert an Lila Silverman Collection Foundation.

Outro fator inspirador é a imagem utilizada nos cartazes das edições, uma fotografia de acervo familiar da idealizadora do projeto, Juliana Crispe. Um retrato do seu bisavô, Osvaldo Manoel Valgas, conhecido como seu Vadico, que entre as décadas de 1930 e 1990 foi sócio/funcionário de um armazém, no bairro Prainha, próximo ao centro da cidade de Florianópolis.

Desde 2011, o Armazém contabiliza a participação de mais de 300 artistas/coletivos brasileiros e alguns estrangeiros. Ao longo desses anos, formou um acervo de trabalhos com mais de mil obras em sua coleção.

Armazém é um espaço propositor de relações com a arte. Nas últimas edições, um ou mais curadores são convidados a participar da seleção de artistas e obras. A ideia é compartilhar olhares diferenciados e aproximar artistas locais por onde o projeto transita com os já participantes.

Armazém propõe um jogo relacional, propicia experimentar o contato direto com os trabalhos, tocando, lendo, trocando impressões e sensações. A coleção e as mostras se dão num conjunto heterogêneo e desprendido de hierarquias, valoriza o múltiplo e o coletivo como força pulsante e necessária para as artes.

 

Artistas/coletivos/editoras:

A Bolha – editora, Abrigo Portátil, Adentro – Associação de Artistas Visuais da Região Oeste de Santa Catarina, Adriana dos Santos, Adriane Corrêa, Adriane Kirst, Adrieli Roman, Alessandra Barbosa, Alessandra Cavalheiro, Alex Flemming, Alex Hamburger, Alexandre Siqueira, Allan Cardoso, Alice Monsell, Alice Salvador, Aline Dias, Aline Moraes, Amir Brito Cadôr, Ana Carolina Ramos, Ana de Miranda, anailimE, Ana Gallas, Ana González, Ana Paula Lima, Ana Pi, Ana Rocha, Ana Sabiá, Ana Santos, Andante, André Berté, André Timm, Andressa Argenta, Andressa Gomes, Anete George, Angelica Neumaier, Anieli Martins, Anna Bianchi, Anna Moraes, Antonio Carlos Silva, Arnaldo Antunes, Arquivo 17, Artur Barrio, Arturo Carrera, ASH, Asikainen&Macedo, Atelier Feito em Casa, Ateliê Re Tina, Audrian Cassanelli, Augusto Benetti, Augusto de Campos, Augusto Murad, Bebeto, Ben Vautier, Bethânia Carolina Hardt, Betânia Silveira, Bia Bittencourt, Bianca Dias, Bicho Cabeludo, Bil Lühmann, Bobby Baq,Brígida Campbell, Breno Silva, Bruna Mansani, Bruna Ribeiro, Bruno Munari, Brutas, Camila Argenta, Camila do Rosário, Camila Rosa, Camila Schenkel, Caramanchão, Carina Santos, Carolina Moraes, Carla Lado B, Carlos Asp,  Carlos Henrique Shoroeder, Cassia Aresta, Cássio Markowski, Cecília Vicuña, Céu da Boca, Cildo Meireles, CKrügel, Clara Fernandes,Claude Cahun, Claudia Washington, Claudia Zimmer, Claudio Pereira, Claudio Trindade, Columbeas Coletivo, Constança Lucas, Corpo Editorial, Cultura e Barbárie, Cynthia Vasconcellos, Cyntia Werner, Decimal, Dirce Körbes, Douglas Leoni, Daniel Elzirik, Daniela Avelar, Daniela Maura, Daniela Trombetta, Daniele Zacarão, Dennis Radünz, Djuly Gava, David Byrne, Diana Chiodelli, Diego de los Campos, Diego Rayck, Domingo Mestre, Dominique Nédelle, Duda Desrosiers, Edições Água para Cavalos, Editora Armadilha, Editora Caseira, Editora Micronota, Editora Não Há Contendas, Edições de Percurso, Edith Derdyk, Editora Noa Noa, Elaine Schmidlin, Élcio Miazaki, Elenice Berbigier, Elenize Dezgeniski, Eliana Borges, Eliane Prolik, Eliane Veiga,Élida Tessler, Emanuela Figueira Mello, Entulho, Érica Burini, Ernesto Bonato, Estelle Flores, Everton Leite, Fabian Antunes, Fabiana Faleiros, Fabiana Mateus, Fabiana Wielewicki, Fabio Dudas, Fabio Luis, Fabio Morais, Fabíola Scaranto, Fê Luz, Felipe Prando, Fernanda Grigolin, Fernanda Magalhães, Fernando Boppré, Fernando JC Andrada, Fernando de Tacca, Fernando Lindote, Flávia Scóz, Fluxus, Fp Rodrigues, Fran Favero, Francine Goudel, Francisco Warmling, Franzoi, F.U.D.E.U., Gabi Bresola, Gabriel Machado Kniest, Gabriela Hermenegildo, G. C. Milezzi, Genoina Battistini, Giba Duarte, Giulia Dutra, Glaucis de Morais, Glayson Arcanjo, Gleyce Cruz, Graciela Kruscinski, Grafica Olla Presion, Grupo de Estudos Estúdio de Pintura Apotheke, Grupo Deslocc, Grupo Gia, Grupo Poro, Goto, Grafatório, Guerrilla Girls, Guilherme Bruno dos Santos, Guilherme Ribeiro, Gustavo Reginato, Gustavo Torrezan, Guto Lacaz, Haroldo de Campos, Hélio Fervenza, Hélio Oiticica, Hellmannoide, Iam Campigotto, Iara Mol, Ilca Barcellos, Isabella Benvenutti, Isabel Baraona, Indiara Nicoletti, Ines Linke, Isadora Stähelin, Itamara Ribeiro, Ivan Pigozzo, Jan M.O., Janaína Corá, Janaina Schvambach, Janice Martins Appel, Jeff, Joana Corona, Joana Amarante, Joana Corona, João Anzanello Carrascoza, João Kowacs, Joaorlazaro, João Varella, Joceane Tamara Willerding, John Cage, Jorge Bucksdricker, Jornal de Borda, Joseph Beuys, Jozé Roberto da Silva, Julia AmaralJuliana Crispe, Juliana Hoffmann, Juliana Panadés, Juliano Ventura,  Julia Amaral, Julia Iguti, Júlio Martins, Julio Plaza, Kamilla Nunes, Kammal João, Karen Debértolis, Karina Segantini, Katherine Funke, Katia Speck, Kauê Garcia, Kazuo Ohno, Kelly Kreis, Kelly Luiz, Kellyn Batistela, Kim Coimbra, Laïs Krucken, Lasar Segall, Larissa Schip, Laura V. Malmegrin, Leandro Serpa, Leda Braga, Lela Martorano, Leya Mira Brander, Leonilson, Letícia Cardoso, Letícia Cobra Lima, Letícia Weiduschadt, Leto William, Lia Krucken, Lote 42, Lou Lou, Louise Ganz, Lu Renata, Luana Navarro, Lucia Mindlin Loeb, Luciana Basto, Luciana Petrelli, Luciano Faccini, Lucila Vilela, Lucimar Bello, Ludmila da Silva Ribeiro de Brito, Lugares-livro [Alyaht . Ana Paula Maich . Bianca Ziegler (Editora nadifúndio) . Carolina Rochefort . Dora Ventura . Elivelto Souza . Erico Noronha . Gabriela Cunha . Graça Gularte . Helene Sacco . Henrique Torres. Isabela Nogueira. Ítalo Franco . Joana Schneider. June Martino . Karina Gallo . Luana Alt e Renata Job (Coletivo Palavra Composta) . Mara Nunes . Márcia Sousa. Mariana Corteze . Mariane Simões . Mário Codeco . Matheus Folha . Maumau . Raphael Rosário . Rosa Fonseca . Stela Kubiaki . Thiago Brum . Thiago Paixão . Thuany Bunilha . Virna Benvenuto . Yuri Morroni], Luana Navarro, Luiz Ferreira, Luize Cornelius, Maikel da Maia, Marcel Broodthaers, Marcelo Seixas, Márcia Sousa, Márcia Cardeal, Márcia Vaitsman, Marcia Xavier, Marco Antonio Mota, Marco Oliveira, Marcos Kelle, Marcos Walickosky, Maria Fulana, Maria Ivone dos Santos, Mariana Berta, Marilá Dardot, Marina Moros, Mario Oliveira, Marta Dischinger, Marta Martins, Martha Ozzol, Martina Hotzel, Matheus Abel, Maurício Magagnin, Meg Tomio Roussenq, Meio (Daniele Marx e Marcos Sari, Membrana, Melina Mulazani, Merlin Lundi, Mia Rodrigues, Michal Kirschbaum, Michel Zózimo, Milla Jung, Milton Cazelatto, Mineva Cuevas, miríade edições, Monica Nador, Monique Bens, Moro Rodríguez, Muriel Machado, Murilo Rafael, N-1, Nara Milioli, Nauita Meireles, Nayara Brida, Neuber, Norte, Nuvem, Nunc Edições de Artista, Observatório-móvel, Odete Calderan, Osvaldo Gaona, Pablo Paniagua, Paloma Durante, Pamella Araújo, Papel do Mato Oficina Tipográfica, Par(ent)esis, Pati Peccin / Selo Patifaria, Patrícia Galelli, Paul Ramirez Jonas, Paula Borges, Paulo Bruscky, Paulo Gaiad, Paulète Cristiane Pedro Franz, Polvilho Edições, Perdidos no Espaço, Plana Editora, Priscila Costa, Priscila dos Anjos, Priscila Latreille Kolling, Priscilla Menezes, Pluvial Fluvial, Rafael Gonçalves, Rafael Lunardon / Arte e Design, Rafael Schultz, Rafael Toledo, Raquel Ferreira, Raquel Stolf, Recibo, Regina Melim, Regina Silveira, Regina Vater,Reuben da Rocha, Renata Marquez, Reunião Clube do Múltiplo – Museu Victor Meirelles, Revista Canguru, Ricardo Aleixo, Ricardo Basbaum, Ricardo Corona, Ricardo Lísias, Ricardo Mello, Ricardo Ramos, Rita Eger, Rita da Rosa, Roberta Tassinari, Roberto Freitas, Rogerio Ghomes, Rosângela Rennó, Rosana Bortolin, Rubens Oestroem, Ruth Steyer, Sandra Checruski, Sandra Correia Favero, Sandra Souza, Sara Ramos, Sarah Uriarte, Sebastião G. Branco, Selo Armazém, Sergio Adriano H., Silfarlem Oliveira, Silvana Leal, Silvana Macêdo, Silvia Teske, Sofia Brightwell, Sofia Brito, Sol Casal, Sonia Brida, Sonia Loren, Sophie Calle, Susana Bianchini, Susano Correia, ta.rafa, Tarkóvski, Telma Scherer, Teresa Siewerdt, Tharciana Goulart, Thiago Mello Brito, Tina Merz, Traplev, Trio Hibisco, Tuane Eggers, Tunga, Ulises Carrión, Ulisses Lociks, Valêncio Xavier, Valmir Knop Junior, Vanda Kair, Vanessa Schultz, Virginie Despentes, Vinícius Flores, Vinícius Nepomuceno, Waltércio Caldas, Wellington Cançado, William Kentridge, Yara Guasque, Yoko Ono, Yves Klein, Yuri Firmeza, Zansky, Zhao Bandi e Zulma Borges

Equipe técnica

Proponente: Juliana Crispe

Produção executiva: Francine Goudel

Assistência de produção: Franciele Favero

Organização: Fran Favero, Francine Goudel, Juliana Crispe e Raquel Stolf
Equipe e conselho curatorial: Daniela Avelar, Duda Desrosiers, Fran Favero, Francine Goudel, Joana Amarante, Julia Amaral, Juliana Crispe, Michal Kirschbaum, Raquel Stolf, Patrícia Galelli e Silfarlem Oliveira
Curadoria educativa: Andressa Argenta, Isadora Stähelin e Juliana Crispe
Ação educativa: Andressa Argenta, Fabio Luis, Isadora Stähelin, Joana Amarante, João Lazaro, Kátia Speck e Mia Rodrigues
Montagem: Andressa Argenta, Anna Moraes, Betania Silveira, Carolina Favero, Daniela Avelar, Diego de los Campos, Elaine Schmidlin, Fabio Luis, Fran Fravero, Francine Goudel, Franzoi, Joana Amarante, Juliana Crispe, Juliana Hoffmann, Kellyn Batistela, Luciana Petrelli, Michal Kirschbaum, Rodrigo Sambaqui, Sandra Correira Favero e Silfarlem Oliveira
Conservação, preservação e catalogação do acervo: Sandra Checruski

Assistente de catalogação do acervo: Joana Amarante
Fotografias: Duda Desrosiers e Rodrigo Sambaqui
Designer gráfica: Tina Merz
Assessoria de imprensa: Néri Pedroso

Realização:

Projeto Armazém, Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais/Udesc

Produção: Lugar Específico

Apoio:

Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura 2017, Funcultural, Fundação Catarinense de Cultura e Governo do Estado de Santa Catarina

Apoio Cultural: 

Departamento de Artes Visuais Ceart/Udesc, Espaço Cultural Armazém – Coletivo Elza, Farmácia Ponta do Goulart e Multicor Fine Art

Serviço:

O quê: 16º Armazém, projeto contemplado pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura-2017
Quando:  Até 9 de junho de 2018, 13h às 21h
Onde: Museu de Arte de Santa Catarina – anexo Sala Lindolf Bell, Centro Integrado de Cultura, av. Gov. Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica, Florianópolis (SC), tel.: tel.: 3664-2555

Quanto: Gratuito

Feira e Seminário: 8 e 9 de junho de 2018, 9h às 21h. 

Contatos:

Ass. imprensa: NProduções Néri Pedroso (jorn.)[email protected] Skype: neripedroso (48) 9-9911-9837 (Tim)/3248-4158 Facebook: Néri Pedroso

Tel.:  Juliana Crispe (48) 9-9952-3971///Francine Goudel (48) 99656- 6999

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.