Famílias são despejadas após dez anos de moradia em pré-assentamento

Famílias são despejadas após dez anos de moradia em pré-assentamento

Na manhã de segunda-feira (20), cerca de 30 famílias Sem Terra foram despejadas da fazenda Arco Íris, onde residiam há mais de dez anos, localizada em Itajuípe, no Sul do estado da Bahia. O despejo foi realizado pela Polícia Militar, que invadiu a área fortemente armada com o objetivo de coibir as famílias. Acompanhado por uma representação da justiça local, o documento de reintegração de posse foi entregue às famílias, que imediatamente foram obrigadas a abandonar as terras. Nesses dez anos, as famílias sofreram vários despejos, solicitados pelo proprietário Lourido Pereira. Porém a fazenda era reocupada, tendo em vista as denúncias de improdutividade realizadas pelo MST no latifúndio de 318 hectares.

“Pátria Livre”, um dos principais gritos de ordem do Movimento, utilizado para impulsionar a luta em defesa da Reforma Agrária e reafirmar o desejo de uma sociedade soberana, foi escolhido para nomear o pré-assentamento. As famílias produziam uma diversidade de produtos, que estavam sendo comercializados no município, e já existiam algumas estruturas, como escola e a garantia de água e energia, organizadas de maneira autônoma. De acordo com a direção do Movimento, a luta não vai parar e o processo de reivindicação da área vai persistir.

Fonte: MST.

Você precisa estar logado para postar um comentário Login