Exposição “Lugar como Lugar”

Em LUGAR como LUGAR, os processos que envolvem a produção dos artistas são percebidos como configurações que promovem tanto a convicção do lugar como confluência das experiências cotidianas, como da noção de lugar-sem-lugaridade.

6

Significa dizer que lugar também é ausência, desequilíbrio e embate. Tal como na vida e na arte, o lugar é valorizado pela sua concretude, ao mesmo tempo que pode ser conduzido de um lado para o outro. Não é fixo, não é estável, é um local de conflito por onde a vida e a arte se fazem visíveis.

Nem um gênero, nem um conceito, lugar é a conectividade com a qual experienciamos o mundo. E o mundo somente é mundo nos lugares. Parafraseando Ad Reinhardt, em seu texto clássico Arte-como-arte, cabe aqui a afirmação de que “o lugar é lugar como lugar e todo o resto é todo o resto”. Esta exposição segue o contra-fluxo do postulado de que “Arte é arte, e vida é vida”, para tentar uma configuração entre arte-vida através da noção de lugar como acontecimento.

Sem pressupor dualismos entre realidade subjetiva e objetiva, lugar aqui também é fábula, ficção e fantasia. Através de remontagens do tempo e do espaço, os artistas recriam continuamente a noção de lugar e de pertencimento. Discutem a afeição ao lugar como função do tempo, a transformação do ordinário em objeto de desejo, o branco como possibilidade de prolongamento da experiência do desvio e do desaparecimento. São obras que negociam miudezas diversas, que constroem lugares ao mesmo tempo em que são construídas por eles.

Quando: Até 11/03/2015
Horário: 8h às 22h de seg. à sex.
Local: O Sítio Arte Educação Coworking
Rua Francisca Luisa Vieira, 53, Lagoa da Conceição, 88062-100 F
Gratuito

ARTISTAS

Bianca Tomaselli
Bil Lühmann
Iam Campigotto
Raquel Stolf
Rodrigo Braga
Rubens Oestroem
Karina Zen

CURADORIA
Kamilla Nunes

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.