Existe diferença entre machismo e misoginia? Ou os dois são a mesma coisa?

Publicado em: 21/08/2017 às 10:04
Existe diferença entre machismo e misoginia? Ou os dois são a mesma coisa?

Um machista se acha superior às mulheres, ou, quando é uma mulher, acredita que os homens são superiores. Isso nem sempre significa ódio ou um esforço para excluir. O desejo é subordinar, dominar, manter um status quo no qual os homens, simplesmente por serem homens, devem dominar. Um machista pode simplesmente acreditar que toma algumas atitudes para proteger a mulher ou as mulheres que ama. Alguns machistas têm plena compreensão de que o são, ou que a sociedade é machista (*o que é verdade*) e tomam determinadas atitudes, como impedir que uma filha vá a uma festa, por exemplo, com o intuito de protegê-la de outros homens… como ele próprio. Não estou justificando, somente explicando, e o machismo é tão daninho para as mulheres quanto a misoginia, mas a maioria dos machistas não são misóginos, ainda que possam ter algumas idéias misóginas.

No caso da misoginia, trata-se do ódio contra as mulheres, algo profundo, muitas vezes mascarado, e que se manisfesta de múltiplas formas. Das mais extremas, como o assassinato de mulheres e a mutilação de partes de seus corpos que são femininas por excelência como seios e genitais, até na disseminação de discursos e imagens que desqualificam as mulheres atribuindo-lhes vícios, defeitos, incapacidades. Ser mulher é, por princípio, uma ameaça e cabe aos homens (misóginos) controlar essa ameaça, subjugar e excluir as mulheres, mostrar-lhes o como são abjetas. Já viu as propagandas com mulheres que parecem mortas ou sendo estupradas? Misoginia. Quando a misoginia se encontra com o discurso religioso, o ódio e o terror em relação às mulheres pode descambar para a violência simbólica e real. Um misógino sempre é machista.

Pergunte o que quiser, responderei se puder.

 

Fonte: Shoujo-cafe.

Deixe uma resposta