EUA treinaram dirigente do Estado Islâmico

Khalimov, ex-comandante da polícia do Tajiquistão e nomeado coronel pelo Estado Islâmico.
Khalimov, ex-comandante da polícia do Tajiquistão e nomeado coronel pelo EI

O Departamento de Estado dos EUA já reconheceu que o coronel Khalimov foi treinado em território americano e no Tajiquistão.

Os Estado Unidos treinaram um terrorista do Estado Islâmico, que agora surge num vídeo a apelar à “guerra santa”, avança a estação televisiva norte-americana CNN. O treino em técnicas antiterroristas ocorreu em solo americano.

O vídeo (ver aquí), em que o coronel Khalimov surge a fazer disparos com uma arma de fogo, inclui declarações em que afirma ter sido treinado pela empresa de segurança Blackwater.

Gulmurod Khalimov, ex-comandante da polícia do Tajiquistão e nomeado coronel pelo Estado Islâmico, explica que participou em três sessões de treino, uma delas no Luisiana, informação já confirmada pelo Departamento de Estado norte-americano, que acrescentou que foram cinco os cursos que frequentou entre os EUA e o Tajiquistão.

Segundo a CNN, Khalimov foi enviado para os EUA para ser treinado em técnicas de combate ao terrorismo, precisamente para lutar contra o Estado Islâmico, onde se viria a alistar após concluir a formação.

“Escutai, porcos americanos: estive nos Estado Unidos três vezes e vi como treinais os soldados para matar os muçulmanos. Ensinais-lhes como assediar e atacar com o objetivos de exterminar tanto o Islão como os muçulmanos”, afirma em russo. “Se Deus quiser, encontraremos as vossas cidades e iremos aos vossos lares e matar-vos-ermos”, acrescenta.

Nos referidos programas de treino são ensinadas táticas policiais e militares antiterroristas que são postas em prática em países aliados dos Estados Unidos. Nesse sentido, especialistas temem que, além do conseguido golpe publicitário, o Estado Islâmico tenha tido acesso a essas técnicas e a informação privilegiada após a deserção de um dos participantes no programa.

Fonte: Esquerda.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.