Estudantes de São Lourenço do Oeste fazem a primeira ocupação de escola estadual em Santa Catarina

SINTE/SC

Centenas de estudantes de São Lourenço do Oeste fazem a primeira ocupação de escola pública estadual, em Santa Catarina. A gestão compartilhada, que reúne a Escola de Educação Básica Soror Angélica, a Escola Básica Municipal Irmã Cecília e o CEJA, foi ocupada pelos estudantes, quarta-feira passada (19/10), no final da tarde.

Só a Escola de Educação Básica Soror Angélica conta com cerca de 600 estudantes, sendo que, até agora, 450 estudantes apresentaram autorização dos pais, para participarem da ocupação pacífica. Conforme os estudantes, a mobilização teve início, há duas semanas, quando eles mantiveram contato com estudantes e professores do Estado do Paraná, onde centenas de unidades escolas permanecem ocupadas.

Em Santa Catarina, os estudantes de São Lourenço do Oeste são os primeiros a tomarem a iniciativa, conscientes de que participam do grande momento, no Brasil, contra a Medida Provisória 746, que trata da reforma do Ensino Médio, contra a “Lei da Mordaça” (“Escola sem Partido”), reformulação da PEC 241/2016, para que não retire direitos conquistados pelos trabalhadores. O objetivo da ocupação da Escola de Educação Básica Soror Angélica, da Escola Básica Municipal Irmã Cecília e do CEJA, argumentam os estudantes mobilizados, é justamente fortalecer a luta das Centrais Sindicais e todos os Movimentos Sociais do País, que defendem os direitos dos trabalhadores, por uma educação pública de qualidade.

A Secretária Adjunta da Macrorregional Oeste do SINTE/SC, Fabiana Foletto, esteve na Escola de Educação Básica Soror Angélica, para manifestar apoio aos estudantes, que resistem às provocações e ameaças recebidas, no portão da unidade escolar. Também, a Coordenadora Regional do SINTE de São Lourenço do Oeste, Sonia Dal Piva, esteve na EEB Soror Angélica, enquanto o Secretário de Imprensa e Divulgação do SINTE/SC, Carlos Figueiredo, acompanhou as lideranças e um representante dos estudantes, numa entrevista de rádio local.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.