Escritora faz tirinhas sobre cultura negra e empoderamento

O objetivo da série de tirinhas é mostrar o potencial das histórias na construção de referências positivas para crianças negras

Crédito: O Mundo de Tayó Produções | Reprodução

Por Mariana Lima.

A escritora e pesquisadora Kiusam de Oliveira transformou a personagem principal de seu livro infantil ‘O mundo no black power de Tayó’ em protagonista também de uma série de tirinhas.

Kisusam é autora de outras obras que retratam a cultura negra para o público infantil, como ‘Omo-oba: histórias de princesas’ e ‘O mar que banha a ilha de Goré’.

A apresentação da história de Tayó em tirinhas tem como objetivo reafirmar o potencial das histórias para a construção de referências positivas para as crianças.

Nas tirinhas, Tayó é uma menina que interage com situações que colocam em destaque sua capacidade para se perceber como uma mulher negra em formação em uma sociedade racista.

Nos diálogos entre os personagens, a autora chama atenção para o papel que o adulto pode exercer para proporcionar o empoderamento infantil.

A autora optou pelas tirinhas por oferecerem uma comunicação mais ágil e direta para adultos e crianças. Em uma das tirinhas, Tayó chega da escola e conta para a mãe que aprendeu que os negros são descendentes de escravos.

A mãe da menina então mostra para ela uma parede cheia de quadros de personalidades negras históricas e questiona a filha sobre o que ela vê. A personagem diz: “A professora se enganou, né, mãe?”.

A meta é que a partir desta exposição pais e filhos consigam dialogar sobre o tema de uma forma mais lúdica e sensível. No total, 6 tirinhas estão disponíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.