Energia elétrica chega aos município de Sobradinho após 40 anos da instalação da barragem

Publicado em: 17/06/2017 às 11:38

11

Após 40 anos da instalação da Usina Hidrelétrica de Sobradinho, eternizada pela dupla Sá e Guarabira, o município que recebeu seu nome finalmente conquista a universalização da energia elétrica para sua população.

Inaugurada em 1979, após seis anos de obras, a barragem construída na região norte do estado da Bahia inundou sete municípios e atingiu um total de 70 mil pessoas. Desde então, as 12 mil famílias deslocadas desde 1976 de suas casas lutam pela reparação de uma série de direitos humanos violados pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF).

“Foi uma luta de muitos anos dos atingidos. É uma melhora na qualidade de vida das famílias, a possibilidade de conversar alimento com uma geladeira e sair da escuridão”, comemora Willys Nunes, morador da comunidade de Canaã.

Vão receber energia as comunidades de Canaã, Santa Maria, Curral Novo e Tatauí, totalizando cerca de 70 famílias beneficiadas. O projeto foi elaborado em 2005, e vem sendo exigência dos atingidos desde então.

Willys conta que foram inúmeras reuniões com a CHESF, poder público da região e Governo Estadual. “Realizamos acampamento na sede da empresa em Recife, ocupações e outras lutas. A participação do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) foi fundamental para que a demanda fosse ouvida, para sensibilizar a Chesf e pressionar o Comitê Estadual”, relata.

A chegada da energia a essas comunidades traz prosperidade para as famílias, que agora contam com a instalação de bombas nos poços públicos de água e podem ter bombas em suas propriedades para o melhor aproveitamento da água. “Hoje a água é retirada dos poços por catavento ou bombas a diesel, o que fica caro e difícil para quem tem problemas de saúde. Com energia é possível colocar bomba elétrica, e é só apertar um botão e tá feito. Pode até produzir se tiver uma água”, acredita o atingido.

Já foi iniciada a instalação dos postes, cabos de alumínio e fios elétricos. Está previsto também no programa a ligação nas casas, com a instalação de de cinco pontos de luz e três tomadas.

De acordo com a previsão do programa a instalação será finalizada até o dia 30 de junho. No entanto, os moradores acreditam que a festa de São João já será realizada sob postes de luz elétrica. “Ainda há muito o que conquistar na região, como melhoria nas estradas e outras coisas, faremos a luta como sempre fizemos, mas temos que comemorar. Vamos fazer uma grande festa do povo para a inauguração durante o São João, e esperamos que todos estejam presentes”, convida.

Fonte: MAB.

Deixe uma resposta