Encontrados aparelhos de vigilância nos carros de dois familiares de presos

O advogado Kepa Manzisidor fez saber hoje que foram encontrados aparelhos de vigilância nos veículos particulares de Bonifacio Badillo, pai do preso político Irkus Badillo (Ugao, Bizkaia), e de Liher González, irmão do ex-preso político Oier González (Mundaka, Bizkaia).

No primeiro caso, debaixo do pára-choques do veículo foi encontrado um aparelho com cabos de importantes dimensões, preso com fita adesiva. No segundo, encontrou-se um dispositivo mais pequeno que o anterior no GPS do automóvel.
Manzisidor disse que em ambos os casos foi feita uma queixa ao tribunal, por forma a esclarecer quem está por trás da colocação destes dispositivos, que informação se reunia através deles e com que propósito.
Lembrou que não é a primeira vez que casos como estes vêm a público, tendo chamado a atenção para a hipótese de haver mais, pelo que realçou a importância de fazer a respectiva queixa judicial e pública quando os dispositivos forem descobertos.
Sublinhou que, para lá das suspeitas das pessoas afectadas, o mais importante é dar os passos necessários para que sejam os tribunais a esclarecerem que tipo de artefactos são e quem são os responsáveis pela sua colocação.

Salientou também a importância de não se mexer no aparelho, de o fotografar, de reunir testemunhas e toda a informação possível, e levá-la aos tribunais. Já o Eleak considerou estes casos como «espionagem política com maiúsculas», práticas «mais adequadas à Guerra Fria que a um processo de resolução como o que queremos para Euskal Herria».

Fonte: naiz.info / Ver também: BilboBranka

http://paisbasco.blogspot.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.