Em parceria com a Palestina, três fábricas de medicamentos chegam à Venezuela

O ministro de Relações Exteriores palestino, Riad Al Malki, se reuniu com com o presidente venezuelano, Nicolás Maduro / Imprensa Presidencial/@PrensaPresidencial
O ministro de Relações Exteriores palestino, Riad Al Malki, se reuniu com com o presidente venezuelano, Nicolás Maduro / Imprensa Presidencial/@PrensaPresidencial

Através de acordos bilaterais entre o Estado da Palestina e a República Bolivariana da Venezuela, três fábricas de medicamentos serão instaladas no país sul-americano. O anúncio foi feito pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, conforme informou o canal estatal VTV, na última sexta-feira (24).

A iniciativa faz parte da Grande Missão Abastecimento Soberano (GMAS), que foi criada em julho do ano passado. De acordo com o decreto de implementação desta missão, ela com a finalidade de impulsionar “os motores Agro-alimentar, de Produção e Distribuição de Fármacos e da Indústria de produtos para a Higiene Pessoal e Asseio da Casa, correspondentes com a Agenda Econômica Bolivariana, com o objetivo de potencializar o sistema produtivo nacional e a disponibilidade dos itens associados a estes motores de maneira oportuna e segura para toda a população”.

No pronunciamento, Maduro destacou que as fábricas contam com tecnologia e maquinaria necessárias para atender às necessidades do povo venezuelano. “[Elas] vêm para fortalecer a capacidade soberana de nosso país, para resolver este assunto tão delicado e que tem sido afetado pela guerra econômica e toda a guerra internacional contra nosso país”, afirmou.

Ainda segundo Maduro, os investimentos conjuntos dos dois países irá superar os 220 milhões de dólares. O anúncio do presidente venezuelano ocorreu após uma reunião com o chanceler da Palestina, Riad Al Malki, no Palácio de Miraflores, em Caracas.

Assista ao pronunciamento de Maduro:

Edição: Vivian Fernandes.

Fonte: Brasil de Fato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.