Em Honduras atacam jornalistas

Por Raul Fitipaldi.

O cinegrafista Uriel Rodríguez de Globo TV foi atacado brutalmente pela ditadura e precisou ser hospitalizado. Uriel filmava uma agressão aos manifestantes contra uma reunião de magnatas, como Carlos Slim e delinquentes como Álvaro Uribe Vélez, onde segundo os manifestantes se está leiloando o território hondurenho, como se fez desde o século passado transformando Honduras em uma república bananeira.Um militar começo a disparar balas de metal contra os jovens universitários que protestavam, quando Uriel começou a filmar um grupo de militares lhe arrebataram a filmadora e começaram a lhe bater brutalmente até que o jovem cinegrafista da Globo TV teve que ser conduzido ao hospital regional para ser atendido por causa das feridas.

O nosso colega Rony Martínez Chávez, de Rádio Globo de Honduras, sofreu uma tentativa de homícidio na quarta-feira, quando desconhecidos afrouxaram as porcas da roda dianteira do seu carro, com a finalidade de que se acidentasse fatalmente.

 

3 COMENTÁRIOS

    • Estimado Carlos, gracias por tus saludos. Para Desacato, y para Larissa Cabral y para mí, Honduras es también nuestra. Fuerza en el día a día de la lucha hasta vencer a la dictadura.

  1. la dictadura no sesa enmasacrar al pueblo y honduras la han combertido en el sugundo pais mas peligroso para ejercer el periodismo cmo golpearon a uriel gudiel basuras

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.