#EleNão: Mulheres de todo o país voltam às ruas neste sábado (6) contra o fascismo

Atos pretendem ser espaços de debate, diálogo, resistência e solidariedade / Julia Dolce/Brasil de Fato.

Depois da histórica mobilização do sábado (29), em que as mulheres brasileiras tomaram as ruas do país e do mundo para protestar contra a ascensão da intolerância, do machismo, da LGBTfobia e do racismo no país, representadas pela candidatura de Jair Bolsonaro (PSL), uma nova série de manifestações #EleNão está sendo chamada para este sábado (6), o dia que antecede as eleições.

A ideia das organizadoras do evento é criar espaços de resistência, debate e solidariedade diante do clima político de ódio que o país atravessa. Por conta da lei eleitoral, elas também ressaltam que o ato não promove nenhuma candidatura.

As organizadoras alertam para a criação de eventos falsos e pedem toda atenção por parte das mulheres e homens interessados em participar dos eventos. No Rio de Janeiro, por exemplo, houve a convocação de um protesto falso, feito por um apoiador de Jair Bolsonaro.

Ao todo, 148 mil pessoas estão confirmadas no evento principal, que acontecerá no Museu de Arte de São Paulo (MASP) em São Paulo (SP).

Confira o manifesto das mulheres contra a o fascismo e não deixe de seguir as orientações de segurança.

Abaixo, uma lista das mobilizações em diversas cidades:

São Paulo (SP)
Sorocaba (SP)
Porto Alegre (RS)
Toritama (PE)

Maracanaú (CE)
Jaguaruaba (CE)
Guaíba (RS)
Arapiraca (AL)
Mesquita (RJ)
Santo Antônio (RN)
Siqueira Campos (PR)
Sertãozinho (SP)
Santo Antônio da Platina (PR)
Salvador (BA)
São José do Rio Pardo (SP)
Itapecerica da Serra/SP
Lima Duarte (MG)
Pirassununga (SP)
Itajuba (MG)
Blumenau (SC)
Sabará (MG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.