É um novo modelo de ditadura que se instala no Brasil 

É um novo modelo de ditadura que se instala no Brasil 

Por Jaime Rodrigues

Durante a ditadura, que durou 21 anos, muitos “autoritários” de hoje, porque saíram bastante beneficiados daquele período como a Globo e vários outros, argumentam que o país cresceu naquele período. Muito ao contrário. Perdemos a Democracia e foi instalado um medo terrível em nossa população em função aos crimes criados pelo governo da época. Da mesma forma o Congresso era desfeito ou representantes da população eram destituídos.

Mas, além disso, tivemos uma aceleração do êxodo rural em que 30% da população brasileira se deslocou do campo para as grandes cidades e uma grande quantidade de moradores de cidades menores para estas metrópoles do país. Foi criado um congestionamento destas diversas cidades extremamente grave para as vida da população e o Desenvolvimento. Uma situação que ainda hoje sofremos muito. Mais grave ainda tivemos foi a situação deste brasileiros que chegavam à urbe sem preparo nenhum. Sem tradição em trabalho específico das mesmas, local para morar, muitas vezes com a família dividida e muitos outros aspectos lastimáveis. A ditadura só reprimiu esta população.

Começou a sugerir um novo tipo de violência no Brasil. Do antigo malandro, personagem criado aqui como nos ensina o professor Antônio Cândido foi substituido pelo bandido e sua gangue.

Mas a ditadura criou também a destruição da Universidade com a expulsão de milhares de Grandes Mestres e Pensadores, Da mesma forma que colocou “fiscalizadores” dentro das salas de aula. Repressão na Universidade é destruir o pensamento do país. FHC concluiu este trabalho retirando investimento básico das mesmas. Particularmente hoje em que o desenvolvimento está combinado com uma tecnologia rápida e intensa.

Muito mais poderíamos citar e mostrar como a ditadura não foi só repressora e estabeleceu a crueldade do século XX no Brasil. A estrutura do Brasil não estava qualificada para o desenvolvimento seguinte e logo após ao chamado “crescimento de 5 anos antes.

Os investimentos dos grandes capitais eram determinados por algumas modificações administrativas no País, mas principalmente porque o desenvolvimento do capitalismo naquela época necessitava se transferir para o país oferecia terrenos grátis na sua instalação, salários muito baixos, retirava os impostos das grandes novas empresas e outras mais vantagens. Ou seja criavam as condições para um crescimento em um período curto e quebravam a estrutura do Brasil e as condições para seu desenvolvimento.

Não é casual o fato de que quando entregaram o governo o País estava em graves crise, que não decorria só dos problemas internacionais, mas porque estávamos muito desorganizados e nosso povo sofria muito com as atitudes desta ditadura. Havia muita fome, desemprego, os salários era baixos moravam em cidades desorganizadas onde sofriam as graves consequências na vida.

A tentativa dos atuais autoritários e os novos neoliberais retoma este mesmo caminho. Mas agora é muito mais grave.

Fonte: Facebook. Luiz Muller.

Você precisa estar logado para postar um comentário Login