Dois mil estudantes decidem entrar em greve em solidariedade à luta dos professores

Assembleia com cerca de dois mil estudantes – desde a década de 1990 uma assembleia estudantil na UFRJ não conseguia reunir tanta gente – decidiu deflagrar greve em apoio à paralisação nacional dos professores. A reunião, na tarde desta terça-feira 29, foi realizada num ginásio da Escola de Educação Física. Dirigentes da Adufrj-SSind foram à assembleia explicar os motivos da greve nacional dos professores federais.

Em Macaé, os estudantes do campus avançado – que vivem os problemas da expansão – entraram em greve (exceção dos alunos do curso de Medicina) também nesta terça-feira.

 Professores em Macaé

Um grupo do Comando de Greve local esteve nesta terça em Macaé para uma reunião com os professores de lá. O saldo do encontro foi positivo, com esclarecimentos em relação ao movimento e um panorama geral sobre a situação dos docentes. O fundamental dessa aproximação foi a troca de informações e a possibilidade de conferir de perto os problemas enfrentados pelos docentes naquela cidade fluminense.

Fonte: http://www.adufrj.org.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here