Discurso de Posse (um após alguns)

Imagem: Pixabay

Por Guigo Ribeiro, para Desacato.info.

O presidente eleito seguia o exercício de sua função junto aos demais convidados. Sua rotina era normal. Acordava, lia o que os seus amigos e empresários (amigos empresários) haviam decidido e lá ia para o dia. Não tinha tempo para avaliar eventuais erros, excessos, incoerências isto que sua luta contra estas se esgotou no período de campanha. E estavam só no falar. Em tempo: bastava a ele o título de presidente.  No mais, que façam o que quiser. E faziam. E ele seguia presidente.
Pessoas ligadas ao seu cotidiano, jurando não ser fake news, relatavam que nem a tal da faixa ele tirava. Já nos poucos dias de governo, o presidente assumiu o estranho hábito de reunir com freqüência seus parceiros e discursar. Quando na posse, fez. No dia seguinte também. E assim foi. Em primeiro momento a atitude causou estranhamento. Após, foi encarada como necessária para que ele não resolvesse entrar nos negócios. Tão pouco abrisse a boca publicamente. Não que discordassem dele. É que sua voz era insuportável.
E assim, ao saberem que era dia de discurso, sentaram tranquilinhos e aguardaram com paciência o término. O rango do após era sensacional. E outra: sabiam exatamente tudo que seria dito. Começou:

Meu Brasil. Meus eleitores… COLEGAS. COLEGAS! Cheguei. E vos dirijo agora minhas mais belas e, como não, sinceras palavras. Neste discurso inicia – porque todo dia é um novo começo – frente à nação, gostaria de firmar de forma veemente o meu não compromisso com a nação. Deixo claro que minha participação em programas de TV e em todos vídeos viralizados foram indícios claros de meu não apago… apego ao educado modo de ser apresentado por figuras de terno como eu. Gostaria de mandar um caloroso, mas nada apertado, pra que não confundam as coisas e sempre saibam as cores e suas respectivas funções, abraço para os amigos dos bancos e mega empresários. Que façamos uma nação justa na qual vocês dominem muito mais e que toda e qualquer inclinação com o socialismo bolivariano cubano de esquerda seja exterminado. E não me perguntem sobre o que é socialismo bolivariano cubano de esquerda. Os amigos youtuber que fundaram um movimento pró-Brasil deixam claro nos seus vídeos. Aos amigos ruralistas, que façam bom uso das terras e que o sangue derramado seja o da justiça. Cuidado com as flechas e usem boas armas. E que aproveitem a promoção da próxima semana. Farão uma Red Friday. Meus garotos postaram novidades boas em suas redes sociais. E que deixem eles em paz. Com carteirinha de Deus tem desconto.  Meus abraços e muito obrigado. Ao Herói e sua capacidade enorme de justiça, meu mais sincero agradecimento. E mais uma vez, parabéns pelo troféu que mantêm em Curitiba. Pra todo e qualquer um que ouse desqualificar suas conquista, que se faça valer o punho da justiça e da arbitrariedade… HABILIDADE. HABILIDADE! Que se faça valer o punho da justiça e da habilidade em colocar canalhas nos seus devidos lugares. Deus em sua bondade pra todos. É um desejo. Gostaria de mandar meus agradecimentos ao Queiroz e dizer que sua entrevista foi maravilhosa. Maravilhosa! Tanto que não deu em nada. Só a parte da dedada que eu ri. Eita, Queiroz. Virou esquerdista! Fiz a coisa certa em deixa você trabalhar com minha mulher. Você não representa risco. Minha admiração por suas piadas incríveis, inteligentes e, igual a mim, sinceras, humorista Gentil. Que o povo entenda sua forma pra frente de ver o mundo. Não ao politicamente correto! Saúdo de forma respeitosa e submissa… AMISTOSA… amistosa o presidente americano. Viveria alguns dias sem tomar sol pra tentar alcançar a brancura de sua pele. E provocarei algum mal-estar com alguém pra me estressar e ficar vermelho como você. As portas do Brasil estão abertas pra você. Entre, fique com se sentir bem. Quer um café ou um contrato vantajoso só pro seu país? Bom… venha! Faremos bons negócios. Posso te dar um estado em troca de uma selfie. Posso te dar as empresas daqui em troca de um sorriso.Posso me dispor a aprender inglês pra conversamos. Por favor, responda minhas mensagens, mas não é uma cobrança. Só lembrete. Que tal é… venha pra posse. Pra minha posse! Porque o Brasil agora é meu e dos meus. Cada centímetro de terra é meu. Cada movimento de progresso é meu. O twitter é meu. A capacidade máxima de convocar para a missão de erguer o país é minha. Cada sangue derramado pelas armas que eu liberei e dos amigos milicianos é minha. Cada estado, sotaque e pensamento que venha ocorrer é meu. Os votos de uma parcela enorme são meus. O Brasil é meu e dos meus. Meus… que são vocês. Obrigado. Que Deus abençoe o bom caráter.

Encerrou outro discurso de posse, fez arminha com as mãos e foi ser presidente. Os demais foram, enfim, comer.

Guigo Ribeiro é ator, músico e escritor, autor do livro “O Dia e o Dia Que o Mundo Acabou”, disponível em Clube de Autores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.