Direitos Humanos e Estatuto dos Professores

Publicado em: 25/07/2010 às 20:38
Direitos Humanos e Estatuto dos Professores

Por Silas Corrêa Leite.

Como bandidos sentenciados e reincidentes têm direitos, como históricos marajás, corruptos e ladrões inclusive de colarinho branco e neoliberais têm direitos, como crianças sem lar e adolescentes sem carinho e educação de meio e origem têm direitos, como militares e paisanos, empresários e banqueiros têm direitos, como juízes e cidadãos com alto poder aquisitivo em geral têm direitos, como empresários e turistas têm direitos, pregamos a Desobediência Ética com a DECLARAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS DOS PROFESSORES e criamos aqui os primórdios de um necessário, útil e básico

ESTATUTO DOS PROFESSORES

01) Nenhum Professor será obrigado a reger aulas se não tiver estrutura total para tanto, desde segurança ampla, total e irrestrita, a condições básicas de convivência salutar inclusive ambiental para a sua dinâmica de formar serenamente seres e cidadãos conscientes e saudáveis em todos os sentidos.

02) Nenhum Professor ganhará menos do que um motorista de caminhão ou juiz, de um deputado ou um profissional liberal como vergonhosamente ocorre nesses tempos, pois, para servir aos herdeiros de todos, inclusive do país em geral, terá que ter uma condição mínima de sobrevida e mesmo vivência social em todos os sentidos, com um salário digno que possa prover seu sustento vital no exercício cotidiano de uma sobrevivência principalmente social, para assim então dar o exemplo de si mesmo inteiro e pleno quando na docência.

03) Nenhum Professor será obrigado a fazer aquilo que não concorda, por força imperiosa de eventual imposição ilegal, aética ou inumana de uma circunstancial medida impositiva ou autoridade ocasionalmente superior hierárquica, já que ninguém é obrigado a produzir provas contra si, e já que a primeira verdadeira autoridade de um ser ou de uma entidade é ser transparente, dinâmica, harmoniosa, e enfocada sempre na dualidade teoria-praxis de todo o processo pedagógico no ensino-aprendizagem

04) Nenhum Professor sofrerá constrangimento ou tratamento degradante por salário hediondo fundado em interesses políticos neoliberais escusos como vem ocorrendo, em ambiente ainda inapropriado e deficiente, com parte de alunado sem o mínimo de retaguarda legal inclusive familiar, ou falta de racionalidade técnico-administrativo-funcional para a composição objetiva do exercício de sua profissão baseada em respeito e fins claros de edificação e conquista.

05) Nenhum Professor será desrespeitado quando buscar ajuda em qualquer órgão oficial ou de denúncia em imprensa democrática, e deverá ter sempre e de imediato o constante apoio de uma ágil Promotoria de Cidadania para o embasar de força e respeitabilidade a ser cobrada em sala de aula e meio, inclusive sob o enfoque ético-legal-comunitário de sua profissão de transformador e produtor de conhecimento.

06) Nenhum Professor deverá ficar em sala de aula, se não tiver estabilidade físico-emocional para tanto, em função do desgaste natural de sua constante prática desgastante, e deverá ter estrutura local de reclicagem e reaproveitamento em caso de qualquer deficiência de percurso de carreira, devendo, para tanto, ser lhe facultado um meio escolar adjacente para o empenho tranqüilo de sua experiência na retaguarda do propósito da escola como um todo e do ensino como um mistér.

07) Nenhum Professor será atacado impunemente por aluno, responsável inadequado deste ou desfuncional superior imediato, porque todos têm na vida um educador, e o pedagogo terá que ter paz de espírito para continuar sendo exemplo de evolução e propósito sócio-cidadão nesse fito primordial inerente. E depois, sem tranqüilidade ninguém trabalha bem e feliz.

08) Nenhum Professor será disponibilizado fora de seu meio e contexto educacional, principalmente os aprovados em concurso público e que se baseiam na historicidade de uma educação superior para a regência com princípio de formar uma nova consciência sócio-escolar visando uma comunidade crítica, cidadã, mas, consciente também, além dos tantos direitos, dos deveres essenciais na reciprocidade do processo de ensino como um todo.

09) Nenhum Professor poderá ser provido de sua liberdade total ao manifestar sua opinião ou critica construtiva contra a situação degradante que se encontra o ensino, principalmente na escola pública atual, invocando-se aqui os direitos que preceituam os embasamentos universais da ONU e a carta magna do país quanto à liberdade de expressão, principalmente pelo formador de opinião que o mestre finalmente representa e sempre na verdade o é.

10) Todo Professor é Ser e Humano também, é pessoa e cidadã, é gente e profissional em exercício, tendo deveres que vem cumprindo por mais de séculos, mas que aqui, relegado a segundo plano por interesses escusos, busca a legalidade de um seu estatuto básico para também ter seu elo-referencial na linha contemporânea de Direitos Humanos e ser assim também valorado com respeito quando reclama, quando exige, quando indevidamente provido ou remunerado justamente e assim finalmente cobrar condições de estrutura para a docência e não correr riscos nunca de ser ferido no manejo ou no sazonal percursos circunstancial de seu trabalho, por ditames pseudolegais que mais defendem o indefensável (do ponto de vista ético-humanista) e que na resultante o aleijam de uma prática educacional vivenciada de primeira grandeza como pretende e quer, e pela qual estudou, prestou concurso, e ainda luta e sonha.

REVOGAM-SE TODAS AS DISPOSIÇÕES EM CONTRÁRIO

Primeiro Rascunho Para um Estatuto Ético-Legal-Humanista, com Fito Plural-Comunitário

Um Comentário para "Direitos Humanos e Estatuto dos Professores"

  1. delmiro t latz   28/03/2011 at 09:04

    EMAGREÇA MESMO: “Dieta Geraldo Alckmin”
    Aprovado e Testado pelo famoso I-FC-Intituto Fernando Henrique Cardoso, o “Pai da Fome”

    EMAGREÇA DANDO AULAS NA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

    Quer emagrecer e não sabe como? Agora chegou a sua vez e a sua hora. Faça essa dieta e emagreça mesmo, emagreça rapidinho; receita aprovada pela Teoria do “Cientisthus Incompetenthus Doutoris Pinóquio de Chuchu ET PedaBobos Morrendhus de Phome…”, aprovado pelo PSDB do DEMO.

    Vamos a ela:

    -01)-Primeiro você estuda dia e noite feito um lazarento condenado a vida, para passar no difícil concurso de Professor do Governo do Estado de São Paulo, porque, como muito bem diz o filósofo, teórico da educação e Conselheiro diplomado em Direitos Humanos, Poeta Silas Correa Leite, “Em Samparaguai você tem que ser inteligentíssimo para passar no difícil concurso, e burro para ganhar o que o Estado de São Paulo paga”. Ou seja, curto e grosso, 30% a menos do que o mais pobre estado do Brasil, o Piauí. Já pensou? Ah, pensar não pode…

    -02)-Passando no concurso você ainda tem o processo de posse, um inferno fascista, que uma junta médica reprova por tudo quanto é coisa, de gripe a calo, de tecido adiposo a rinite, ou seja, você tem que ser jovem, inteligente, saudável, não ter doença nenhuma, curto e grosso: mora no Brasil mas, seguindo a propaganda enganosa do PSDB em SP “São Paulo Cada Vez Melhor “(quando SP está cada vez pior), então você se sentindo em Genebra ou de um país europeu, vai assim sim, passar no exame médico que viola direitos humanos previstos pela própria ONU…

    -03)-Supondo que você seja louco, dê sorte e passe, vai então ganhar um salário menor do que o de balconista das Casas Bahia, menor do que ganha um motorista de ônibus em SP, menor do que mesmo um policial que faz um cursinho, mal tem ensino médio, e ainda assim ganhará muito mais do que você. Aliás, tem gente formada na USP,de alto nível, que fez o curso que o estado de SP tem obrigatoriamente, recebe a bolsa, mas na hora de encarar a docência cai fora; quase quarenta por cento desistem (segundo a Folha de São Paulo), não aceitam o salário-esmola do educador de SP, que viola direitos humanos sobrevivenciais básicos…

    -04)-Bem, de novo supondo que você aceite as benditas mal-choradas cargas de aulas periféricas e quase aulas-refugos, em classes difíceis, escolas sem estrutura, diretores ganhando uma miséria e se matando nas unidades escolares, pronto, você então terá direito não ao difícil acesso (que levianamente o banana do Zé Serra cortou), só a difícil acesso de raiva e, aí, claro, sem dúvida, vai mesmo

    E M A G R E C E R

    Com os vinte e poucos paus a mais por mês (para comer!) – e tem mês que ainda não recebe (não há norma, preceito ou regra nenhuma, tudo feito no grito)- a título de Vale-Coxinha… Já pensou que, se dependesse dessa “ajuda-esmola” você precisasse mais de nutriente alimentar… estaria literalmente ferrado. Professor em Samparaguai é o cara…

    -05)-Assumindo as aulas, cargas extras, classes, acúmulos, ano letivo, a barra pesada de alunos sem motivação, escolas sem estrutura técnico-educacional-funcional, despreparado pessoal terceirizado (o neoescravismo no cínico estado mínimo neoliberal bancado por FHC et caterva), e lá vai você esperar meses para receber o primeiro holerite-cebola (Holerite Cebola: você rasga e chora), ou, melhor dizendo, miserite cebola. Quando você vê o quanto você “ganha” (ganha?), fica a dúvida e o maldito remorso, e o nojo e a vergonha. É esse o projeto de FHC, Serra e Alckmin para o servidor público, o educador, a reforma da educação com falsas apostilas mal-feitas, ongs de amigos do alheio faturando alto e suspeito erário público, etc. e tal: Pois é essa a idéia da Terapia, da Dieta: se você tiver voto ideológico, juntar uma coisa com outra, de raiva nunca mais vai votar “nelles” e, claro, certamente vai ter algum problema de saúde, ganhar mal, viver mal, comer mal, trabalhar mal e, finalmente, claro, por decorrência e SEQUELA;

    EMAGRECER…

    -06)-Trabalhando em várias escolas – para dar no montante um salário real que preste – você ainda vai ter que vender tapwer, avon, jequiti, carnê do baú, rifa, bijuteria, salgadinhos, livro de auto-ajuda, lingerie, lingüiça de Bragança, se matando, dormindo tarde e levantando cedo, levando calotes de pobres e tristes colegas tão mal remunerados quanto você, mais reuniões bobas, htpcs que discutem o sexo dos anjos em baile, subôrnus-bônus (ridículos), vídeos-jecas, teorias rastaquaras, claro, se você pensar bem, ou mesmo sem pensar, vai sacar que entrou numa fria, deveria estar vendendo cachorro quente, ser camelô, impune contrabandista informal da 25 de Março à Paulista, e, chateado, vai ficar doente, e claro, por causa disso também, vai
    EMAGRECER…

    -07)-Pior: se ficar doente e for no atendimento médico do estado de SP. Onde continuadamente direitos humanos de pacientes são violados – já ensejando uma denúncia à mídia internacional e à ONU no setor de direitos humanos – então é pior, vão negar sua licencia, sua receita, seu laudo médico, sua bula, o lugar em que se é periciado fica para lá de onde o Judas perdeu o all-star, os profissionais despreparados, inumanos, você sai de lá pior do que entrou e, com isso, claro, só tende ainda mais a inanição, fome, e, claro

    EMAGRECER…EMAGRECER…EMAGRECER… – Tá vendo só que dieta a do Alckmin funciona mesmo que uma beleza?

    -08)-Supondo que você não saiba fazer mais nada, não tenha mais idade para mudar de rumo, nem acredite que o continuísmo antidemocrático do PSB em SP – blindado pela mídia amoral e pela justiça incompetente, corrupta e decrépita – então só restará você a dar uma aula ruim chata e na marra (desmotivação é causa), não ter pique para esperar o fim do mês, ter acessos de frustração com a hipócrita social democracia que os desgovernos do PSDB pregam, sabendo que, certamente um bendito dia vai ser forçosamente Readaptado feito um rejeito “readaptardado”, miolo mole, tantã, zureta, da pá virada, ficar encostado, jogado num canto qualquer da educação pública paulista em total dezelo público, ter seu salário-vergonha reduzido, pior, não ter vantagens, carreira, encher o pacová, etc. e então vai morrer definhado e com tal frustração de cidadania, e sua pensão-chulé não vai dar nem para a sua pobre companheira vítima pagar o rivotril, o comital e o stugeron de cada dia. Com isso, a viúva também vai, de raiva – quem mandou ser professor em sp? – EMAGRECER E FINAR, IR PRA CUCUIA, Made In Pinóquio de Chuchu das Daslu e OPUS DEI…

    -09)-Depois de anos e anos sem aumento, apesar das mirabolantes e pirotécnicas propagandas enganosas do governo com uma mídia chapa-branca dizendo o contrário; mais uma indecente relação promiscua do PSDB com o Ministério Público que não faz nada, é aliado imoral das disparidadades técnico-administrativas, improbidades e dificuldades reais do ensino público paulista-paulistano, você sabe que não vai poder pular fora do TITANIC (Educação Pública de SP), voltar atrás, porque, às vezes até ainda há sazonais censuras ilegais – a constituição federal; o direito da livre expressão estão acima do manjado e ditatorial estatuto do funcionário público de sp feito em época de trevas ditatoriais – então só resta você cortar o luxo, tomar remédios, comer mal, levar marmita, cortar os gastos, ficar na penúria, claro, junto com sus familiares, ganhando um miserê e mendigando sobrevida, EMAGRECER…

    -10)-Por fim, quando você saca que empresas importantes estão indo embora d SP, que o Brasil do Lula Light cresceu mais de quatro por cento e SP nem chegou a dois por cento; que os maiores ladrões do fisco estão aqui – bilhões são glosados (roubados) por ano – que o narcocontrabando informal cresce (impunidade generalizada), que SP é mais seguro do que o Paraguai (perguntem aos bandidos de Samparaguai, da 25 de Março à Paulista), e que há crimes impunes desde as privatarias (privatizações-roubos), no Buraco do Metro, ASLOM, DENARC, DEIC, CDHU, mais de 70 CPIs abortadas na Assembléia Legislativa de SP pelo chamado Mensalão Tucano Paulista, você então secando, minguado, verá que a dieta do Geraldo Alckmin funciona mesmo, pagando com o sangue, suor e trabalho, pagando com a vida, mas, por fim, apertando o cinto, EMAGRECENDO. Não era essa a idéia? – Emagreça e morra de fome em sp, com o salário de professor do PSDB…

    EMAGREÇA MORRENDO DE FOME SENDO PROFESSOR EM SÃO PAULO

    APROVADO POR UMA JUNTA MÉDICA, DE INTELECTUAIS, AMIGOS DA EDUCAÇÃO, SONHADORES, COBRADORES DE JUSTIÇA NA EDUCAÇÃO…
    Divulgar, Repassar, Não Há Efeito Colateral, Aprovado pela Carta dos Educadores do Brasil…
    Prof. Dr. Delmiro T. Latz – Austin, Texas
    [email protected]
    Professor Universitário, Jurista, Defendendo a Tese de Doutorado “O NEOLIBERALISMO QUE FALIU O ESTADO MAIS RICO DA NAÇÃO – São Paulo da Força Que Destrói Coisas belas”
    http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2011/03/489139.shtm
    l

    Responder

Deixe uma resposta