Direita surta com lançamento de obra do Marx para crianças pela Boitempo

Ivana Jinkings, editora da Boitempo, ao divulgar nas redes sociais a obra “O capital: para crianças”, sofreu ofensas da direita, recebendo telefonemas e mensagens.

Em celebração ao bicentenário de Karl Marx em 2018, a editora Boitempo, conhecida por publicações marxistas, lançou o livro “O Capital para crianças”, com ilustrações de Joan R. Riera e Liliana Fortuny, com o objetivo de apresentar algumas ideias de Marx às crianças de forma lúdica.

Mas parece que a direita não suportou a ideia de que as crianças pudessem saber um pouco sobre a realidade que vivem desde pequenas, descobrindo que a riqueza é produzida pelos seus pais que saem para trabalhar todos os dias, mas concentrada nas mãos dos patrões.

Ivana Jinkings, que é editora da Boitempo, publicou uma foto divulgando a obra, e logo recebeu mensagens e ligações com ofensas, dizendo para que “ensine o comunismo para crianças na PQP” e a xingando de “nojenta”, como podemos ver argumentos que só a direita mais ridícula, reacionária e misógina, a que vê o comunismo na cor do tomate, poderia usar.

Ivana registrou um boletim de ocorrência contra as ofensas e disse que existe um momento “regressivo no país”, com “perdas de direito”, mas que “Não vamos recuar, que ameaças como essas não nos intimidam e serão respondidas com firmeza”. A Boitempo elegeu esse ano como o “Ano Marx” e lançará diversas obras sobre o autor, parece que a direita vai ter muito o que chorar neste ano.

Nós do Esquerda Diário nos solidarizamos com a Editora Boitempo, contra os ataques da direita reacionária que quer proibir e censurar todo tipo de debate através de ameaças e perseguições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here