Desacato Passa Revista às coberturas da semana. Confira!

Publicado em: 09/07/2017 às 12:02
Desacato Passa Revista às coberturas da semana. Confira!

Redação

Todos os domingos, Desacato vem fazendo uma retrospectiva dos assuntos que mereceram nossa cobertura Ao Vivo, ou gravada, na semana que termina no sábado anterior.  Essa retrospectiva passa agora a ser destaque dominical na produção do Portal.

Desacato Passa Revista às coberturas mais importantes que trouxemos para vocês na semana.

Começamos com a cobertura da Audiência Pública, na Câmara de Vereadores de São Miguel d’Oeste para tratar dos investimentos em estradas e caminhos.

Essa audiência teria derivações que vamos lembrar mais tarde.

Na audiência de São Miguel, ainda no dia 3 de julho, pela tarde,os moradores escutaram o diretor geral do DNIT Valter Cassemiro.

As organizações estavam presente porque a pauta era sobre os problemas nas BRs do Oeste catarinense mas, para além disso, pressionar o deputado Celso Maldaner do PMDB da região que chamou para a audiência.

A população presente criticava que “ele discute os problemas das estradas, mas vota a favor das reformas contra os trabalhadores”.

Eram 18:45 da segunda-feira, e Caroline Dall ‘Agnol em Florianópolis, e Cláudia Weinman em São Miguel do Oeste, apresentavam a 4a. Edição do JTT – Jornal dos Trabalhadores e Trabalhadoras, um novo hábito de receber A Outra Informação através do Portal Desacato.

Se não assistiu, confira agora:

Na terça-feira, nossa equipe de São Miguel do Oeste publicou imagens tomadas na Câmara de Vereadores de São Miguel D’Oeste, no momento em que o Deputado Federal, João Rodrigues, é vaiado pela comunidade migueloestina.

O vídeo teve mais de 40 Mil visualizações e incomodou muito a 8 vereadores e 1 vereadora de São Miguel, que agrediram verbalmente os jovens que lá se manifestavam e acusaram à nossa equipe de praticar terror, violência e vandalismo.

Isso teve desdobramentos ao longo da semana.

Lembre o momento:

 

Na quarta-feira, 5 de julho houve bastante atividade, tanto em Florianópolis, como em Tegucigalpa. Ás 10 h da manhã chegou a edição de Nº 44 do Informativo Paralelo, com a avaliação da Greve da sexta-feira, 30 de junho.

No estúdio da Casa da Outra, Ricardo Freitas e Tiago Bergara.

Confira:

https://www.podomatic.com/podcasts/informativoparalelo35905/episodes/2017-07-04T19_34_20-07_00

No início da tarde de 5 de julho em Florianópolis, e muito cedo ainda em Tegucigalpa (há 4 horas de diferença no fuso horário) Ronnie Huete Salgado fazia um primeiro informe Ao Vivo sobre o estado dos estudantes que realizam uma greve de fome, há mais de 10 dias, na Universidade Nacional Autônoma de Honduras – UNAH.

Desacato é o único veículo de fora de Honduras que acompanha a resistência dos estudantes hondurenhos.

Ainda no dia 5, minutos depois da entrada Ao Vivo desde Tegucigalpa, Rosângela Bion de Assis e Raul Fitipaldi, entrevistaram, também Ao Vivo ao membro do Conselho Estadual de Saúde, Nereu Sandro Espezin.

O assunto é relevante.

No dia 5 de julho as entradas Ao Vivo foram um constante. A pauta não parou em Florianópolis.

Na frente da Câmara Municipal de Florianópolis, os professores, auxiliares e técnicos da PMF, fizeram um grande ato contra as tentativas de precarização por parte do Executivo Municipal.

Entrevistamos Elizabete Eleotero, professora da rede pública Municipal, na mobilização contra a tentativa dissimulada de privatização, terceirização e precarização do ensino público.

Assista:

Enquanto seguíamos com a cobertura na Capital, no dia 5, Ronnie Huete Salgado, de Tegucigalpa, também continuava informando sobre o 8° dia de greve de fome dos estudantes da Universidade Nacional Autônoma de Honduras contra a política da reitora Julieta Castellanos.

Lembre:

Os trabalhadores e as trabalhadoras do Sintrasem teriam mais uma vitória, horas depois deste entrevista com Ana Cláudia Silva, diretora do Sintrasem.

Ela falava da mobilização em frente à Câmara de Vereadores de Florianópolis para barrar o projeto que objetiva a privatização da educação pública.

 

Uma boa surpresa assim que chegamos na Assembleia Legislativa de Santa Catarina para cumprir com uma pauta do JTT.

Encontramos ali Luiz Coelho, da Associação Vital de Karatê Do de Fraiburgo e Marcelo Pires, atleta fraiburguense campeão na Argentina, no gabinete do deputado estadual Padre Pedro Baldissera, e decidimos conversar com eles.

Esta foi a conversa:

<iframe src=”https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2FPortal.Desacato%2Fvideos%2F1422938734463253%2F&show_text=0&width=244″ width=”244″ height=”400″ style=”border:none;overflow:hidden” scrolling=”no” frameborder=”0″ allowTransparency=”true” allowFullScreen=”true”></iframe>

Na manhã de 6 de julho se completavam 10 dias da greve de forme dos estudantes universitários em Honduras.
Ronnie entrevistava Ao Vivo, Rosa Flores, presidenta dos docentes universitários.
No Brasil foi seguido com atenção.

Ainda no dia 7 de julho, na sexta-feira, Desacato foi presenciar a Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Florianópolis que discutiu a Lei de Diretrizes Orçamentárias do município.

Lá estava a comunidade da Capital do Estado querendo transparência e melhor distribuição dos recursos. Desacato entrevistou o morador de Córrego Grande, Wanderley Vargas.

Assista a reivindicação reclamo:

Enquanto acontecia a Audiência Pública na Câmara de Vereadores, na sala contígua, Raul Fitipaldi e Luca Gebara entrevistaram a representante do Sindsaúde, Patrícia Barreto, que é assistente social e moradora do bairro Campeche.

Confira:

Ao fim da Audiência Pública sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias, Marcelo Luiz Zapelini, entrevistou Eleonora Kaczur, conselheira do Conselho Municipal de Assistência Social pelo segmento das entidades para saber sobre o resultado da Audiência.

Concluindo a cobertura em vídeo da Audiência Pública sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO, Marcelo Luiz Zapelini e Luca Gebara entrevistaram, Marcos Pinar, membro da União Florianopolitana de Entidades Comunitárias – UFECO e do Conselho Municipal de Saúde.

Com essa entrevista fechávamos as coberturas desse dia, em Florianópolis, São Miguel do Oeste e Tegucigalpa.

Mas, o dia 7 de julho não ficava por aí. Em artigo assinado por Cláudia Weinman, Paulo Fortes e Eliezer Oliveira, a equipe que tinha feita a cobertura da Audiência Pública em São Miguel d’Oeste, rejeitava a infeliz declaração de 9 vereadores daquela cidade, que trataram aos jovens da Pastoral da Juventude e a equipe jornalística do nosso Portal de praticar vandalismo, violência e terrorismo.

Esse absurdo foi respondido assim:

A atitude conservadora, irresponsável e inconsequente dos 9 vereadores de São Miguel d’Oeste, mereceu a resposta da jornalista e professora, Elaine Tavares, que se solidarizou com nossa equipe e a comunidade de migueloestina.

Assista:

O Padre Luciano Gaterman não se furtou de defender o direito dos jovens de São Miguel d’Oeste a se manifestar, e da nossa equipe de jornalismo a comunicar A Outra Informação, pese a quem pesar.

Assim concluímos nossa Revista dos fatos que cobrimos na semana que começou no dia 2 de julho, até ontem, sábado 8 de julho.

Obrigado pela leitura!

Deixe uma resposta