Denúncia: Repórter de Desacato em Honduras está preso junto a estudantes

2017-05-25 11:30
Denúncia: Repórter de Desacato em Honduras está preso junto a estudantes

Mais uma vez nosso repórter em Tegucigalpa, colega jornalista, Ronnie Huete Salgado, está preso e foi torturado pela empresa de segurança privada da Universidade Nacional Autônoma de Honduras.

Ronnie acabava de emitir ao vivo para Desacato.info desde a capital de Honduras quando foi cercado e levado em detenção.

Exigimos a imediata liberação do nosso companheiro repórter e dos estudantes (lista abaixo) ainda detidos.

Foto do momento em que nosso repórter em Tegucigalpa, Ronnie Huete Salgado, é transladado numa caminhonete da polícia hondurenha até sua prisão na noite de ontem.

Ronnie acabava de aparecer ao vivo da Universidade Nacional Autônoma de Honduras de onde informava sobre os problemas nessa casa de estúdios do país centro-americano.

Com nosso jornalista, foram detidos os seguintes estudantes:
1. NORBERTO MOISES CARDONA MARTINEZ
2. HENRY ORLANDO RODRIGUEZ DE VICENTE
3. JOSUE ARMANDO VELASQUEZ
4. JORGE ELIAS VELASQUEZ CONTRERAS
5. CARLOS MOISES TORRES
6. MARIO MIGUEL VALLADARES GUEVARA
7. NERY YANCARLOS GOMEZ CRUZ
8. JUAN CARLOS HERNADEZ LANZA
9. OSCAR RENÉ BARAHONA
10. NANCY PAOLA CRUZ GARCIA
11. JESSY NATALY SANCHEZ SANTOS
12. EMMY NOHEMY JIMENEZ ZELAYA
13. JOSEPH EMMANUEL MIRANDA HERNANDEZ
14. MARCIO NOE SILVA RAMIREZ
15. KEVHIN RICARDO ESPINAL RAMOS
16. REBECA ELVIR MAYORQUIN
17. ANDRÉ JOHAN GOMEZ JERONIMO
18. JOSE MANUEL GONZALEZ CEREN
19. RONNIE EZEQUIEL HUETE SALGADO
20. ALLAN MOISES ALCERRO MARTINEZ

Uma das estudantes é asmática e está sem sua medicação.

Convocamos às organizações de Direitos Humanos para que aumentem sua pressão perante os organismos internacionais para que garantam o exercício da nossa profissão. Os violentos dos setores do poder todo podem, os que revelam a outra informação são perseguidos, amedrontados e punidos.

Três repórteres do nosso Portal tem sido atingidos pelas atitudes repressoras e violentas em uma semana: um em Florianópolis, outro em Brasília e agora mais um em Tegucigalpa.

BASTA!

Direção Geral do Portal Desacato

Deixe uma resposta