Defesa da Eletrobras: Eletricitários entram no segundo dia de greve

Estão previstas assembleias, nesta terça, com os trabalhadores em todos os estados para deliberarem os próximos passos.

Neste segundo dia de paralisação (12), entidades sindicais, associações e movimentos populares fazem twitaço que se iniciou às 10h da manhã. A hashtag é: #EletrobrasPública.

“Nosso objetivo é continuar chamando a atenção da sociedade sobre esse grande crime que o governo Temer quer cometer contra a população, caso a Eletrobras venha a ser privatizada. Isso porque vender a maior empresa de energia elétrica da América Latina implica em enriquecer um pequeno grupo de empresários em função do empobrecimento da sociedade, que terá que pagar contas de luz ainda mais caras. Não podemos admitir isso”, alerta o dirigente sindical do STIU-DF, Victor Frota.

Também nesta terça, os representantes do Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) têm um encontro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, sobre os andamentos dos projetos que tramitam no Congresso sobre a privatização da Eletrobras. Os eletricitários irão defender que os projetos não sejam colocados em votação.

O coordenador do CNE e secretário de Energia da FNU, Fernando Pereira, explica que “nesse momento, estamos dando uma demonstração que o nosso interesse não é prejudicar a população, queremos resguardar nossos direitos e manter a Eletrobras pública, o que é bom para todos. Sem a privatização, significa que a nossa conta de luz não vai disparar, como disparou o combustível durante a semana de greve. Esse é o nosso compromisso”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.