Debate dia 17 de maio: “Cura ou não cura? Os reflexos da patologização da homossexualidade e das identidades trans”

Debate dia 17 de maio: “Cura ou não cura? Os reflexos da patologização da homossexualidade e das identidades trans”

A Coordenadoria de Diversidade Sexual e Enfrentamento da Violência de Gênero da Universidade Federal de Santa Catarina convida você a participar da mesa de debates no dia 17 de maio, denominada “17 DE MAIO: CURA OU NÃO CURA? OS REFLEXOS DA PATOLOGIZAÇÃO DA HOMOSSEXUALIDADE E DAS IDENTIDADES TRANS“.

Os palestrantes abordarão os seguintes temas: Guilhermina Cunha – “CMDLGBT – A luta e os processos sociais que levaram a esta data”; Lirous K’yo Fonseca – “ADEH – A patologização da homossexualidade e das identidades trans: ameaças e consequências”; Eduardo Meinberg de Albuquerque Maranhão Filho – “História – os rituais de cura de homossexuais, travestis e transexuais”; Daniel Kerry –  CRP- “Ameaças para Resolução CFP001/1999 e as (im)permanências da patologização das homossexualidades: desafios da psicologia brasileira”.

O debate será moderado pelo Psicólogo Ematuir Teles de Sousa – Presidente da Comissão de Direitos Humanos do CRP-12 e membro do CMDLGBT.

Acompanhe o Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/118664185367010/?fref=ts

Você precisa estar logado para postar um comentário Login