Debate – Contrarreforma trabalhista: “Imensos desafios para o movimento sindical brasileiro”

Para a esmagadora maioria dos trabalhadores brasileiros, a luta contra o golpe não significa uma defesa abstrata ou teórica da democracia. Se trata de uma questão de sobrevivência. Para 95% da população, quem pode se dar ao luxo de prescindir da seguridade social, dos serviços públicos, da educação pública, das leis trabalhistas, dos recursos do pré-sal? Neste quadro, são as organizações sindicais e sociais quem ainda podem defender os trabalhadores contra o golpismo e todas as suas consequências. Venha discutir estes e outros temas, no debate que faremos na semana que vem com a presença do diretor técnico do DIEESE, Clemente Ganz Lúcio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.