Cuba premiada com o título de “país mais seguro” na feira de turismo de Madri

Por Susana Corona.

Durante a Feira Internacional de Turismo de Madri, FITUR 2018, Cuba recebeu a honra de ser declarada “país mais seguro” – um título que orgulhosamente detém e que desmascara completamente certas alegações feitas recentemente pela administração de Trump que visam manchar a impecável reputação de segurança da ilha. Este reconhecimento prova que Cuba é um dos países mais seguros para os turistas visitarem, não apenas no Caribe, mas em todo o mundo.

Madri celebrou sua famosa Feira Internacional de Turismo (FITUR 2018) em abril, onde Cuba recebeu o Prêmio Excelencia de “País Mais Seguro”, título que foi entregue ao ministro do Turismo de Cuba, Manuel Marrero, que também liderou a delegação da ilha na feira deste ano.

O prêmio foi recebido com aplausos por parte dos presentes, que incluíram grandes operadoras de turismo e hoteleiros com grande presença em Cuba, como as redes hoteleiras espanholas Melia Hotels International e Iberostar, bem como o grupo canadense Blue Diamond. Este último tem crescido a um ritmo incrível ao longo dos últimos anos em Cuba, com um portfólio de 17 propriedades em toda a ilha (nomeadamente em Havana, Varadero, Cayo Coco, Cayo Santa María, Jibacoa e Holguín).

Mas a Espanha tem a presença mais forte em Cuba quando se trata do número de hotéis operados por cadeias hoteleiras espanholas. O maior operador hoteleiro espanhol em Cuba (e também o mais antigo) é Melia, com um total de 31 propriedades espalhadas por toda a ilha (Havana, Varadero, Cayo Santa Maria, Cayo Coco, Cayo Guillermo, Cayo Largo, Cienfuegos, Holguin e Santiago de Cuba) e planos para expansão adicional.

Iberostar também tem aumentado sua presença em Cuba nos últimos dois anos, com um total de 13 propriedades em cidades e resorts de praia (Havana, Trinidad, Varadero, Cayo Coco, Cayo Largo, Cayo Ensenachos e Cayo Guillermo) e a lenda dos anos 50. Habana Riviera é a sua mais recente aquisição.

Comemorado de 17 a 21 de janeiro e inaugurado pelo Rei Felipe VI e Rainha Letizia da Espanha, a FITUR é a maior e mais importante feira de turismo da Espanha, tendo recebido este ano 251.000 visitantes, um novo recorde histórico. A participação internacional também cresceu 13% em relação ao ano anterior.

A Espanha é uma importante fonte de turistas entrantes para Cuba e no ano passado o mercado espanhol cresceu 10,5% na ilha, de acordo com um relatório divulgado pelo Ministério do Turismo de Cuba (MINTUR). Durante a celebração do FITUR 2018, foi revelado que Cuba continuaria trabalhando para melhorar a diversificação de seu produto turístico em 2018, enquanto as empresas espanholas confirmaram que iriam solidificar e fortalecer sua presença na ilha ao longo deste novo ano.


Traduzido para publicação em dinamicaglobal.wordpress.comFonte: Tony Seed’s

2 COMENTÁRIOS

  1. As leis em Cuba são duras e as autoridades agem conforme as leis. Mas o principal de tudo, apesar do grave bloqueio econômico liderado pelos EUA, são as garantias do atendimento de primeiro mundo tanto na educação (em todos os níveis) quanto na saúde. Dessa forma, as gritantes desigualdades sociais encontradas em países de terceiro mundo, lá inexistem. O povo é culto, trabalhador e cultiva espírito de solidariedade como nenhum outro na América Latina.

  2. Eu já sabia que há segurança em Cuba. Fidel Alejandro Castro Ruz criou leis duras para que cometer crimes grosseiros. Castro criou prisão perpétua e capital. Quem cometer assalto a mão armada, pena de morte, quem aliciar crianças para prostituição, prisão perpétua.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.