Conheça a primeira escola para crianças transgênero da América Latina

A escola chilena Amaranta Gómez Regalado é a primeira do seu tipo na América Latina. O nome homenageia uma reconhecida líder transgênero do México.

Amaranta Gómez Regalado. Foto: Barcex

A ideia de criar a escola nasceu a finais de 2017 na Fundação Selenna, que acolhe menores transgênero e suas famílias, depois de comprovar que um número importante de crianças não acabam o ano escolar, desistem ou não estudam. Membros da organização percorreram Santiago do Chile procurando um espaço para dar aula até que uma associação de moradores do bairro de Ñuñoa emprestou a sua sede.

As aulas começaram em abril de 2018, com cinco alunos, e o número de estudantes aumentou para 22 no fim do primeiro ano.

Nesta escola, os docentes trabalham gratuitamente e a direção dá material escolar para os alunos e alunas.

Apesar da escassez de recursos, no início de janeiro começou a funcionar a ‘Escola de Verão’, que oferece oficinas de teatro, dança e abilidades sociais para as 20 crianças que se inscreveram.

As esperanças para que esta iniciativa continue estão depositadas num projeto educativo apresentado a um Fundo Internacional Trans que oferece um prêmio de 20.000 dólares e que no mês de fevereiro decidirá quem tem direito ao dinheiro.

Mais informação aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.