Comunidade de Bandeirante/SC denuncia abandono de obra e sumiço de materiais

Por Claudia Weinman, para Desacato. info. 

Segundo as denúncias, obra do Cras do município de Bandeirante/SC, teria sido abandonada pela empresa contratada e materiais, como madeiras, teriam desaparecido do local

Nesta semana, moradores do município de Bandeirante/SC, denunciaram o abandono de uma obra do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), que há mais de um ano encontra-se paralisada. Segundo a população, a indignação está ligada também ao sumiço de diversos materiais que teriam sido entregues para efetivação da obra.

Ao conversar com o responsável por uma das madeireiras que entregou parte do material para a empresa responsável pela obra para construção de um almoxarifado e  utilização na construção, a resposta foi de que realmente foi feita a entrega do material, inclusive, o responsável pela madeireira que preferiu não ter o nome divulgado, não recebeu o valor dos materiais até hoje. “Acompanhei desde o início a quantidade de madeira que foi entregue, não apenas na obra do Cras em Bandeirante, mas também em obras da mesma empresa no município de Barra Bonita e Belmonte. Temos uma lista completa de materiais. A madeira que foi na obra em Bandeirante, eles utilizaram para fazer almoxarifado, concretaram as vigas e a hora que retiraram consumiram com ela e levaram embora. Não sabemos quem levou embora. O material foi entregue, temos nota fiscal desse material”, disse ele.

FOTO II
População quer uma resposta para abandono da obra

O município de Bandeirante continua pagando caro por uma obra que de acordo com a população, está se deteriorando. “A empreiteira abandonou essa obra, e além do Cras, outros órgãos que poderiam estar funcionando naquele prédio estão pagando aluguel. Esta é uma obra muito importante para o município mas ninguém dá resposta, ninguém fala nada, parece que todo mundo fica aplaudindo. Precisaríamos que esse caso fosse investigado, que o Ministério Público ou o órgão responsável tomasse as devidas providências”, disse uma das pessoas que denunciou o caso e que também preferiu não ter o nome divulgado.

 Estado analisa medidas

A Assessoria de imprensa da Secretaria de Desenvolvimento Regional, (SDR), encaminhou uma nota explicando a situação. Acompanhe na íntegra:

“A Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação informa que as obras das unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) nos municípios de Belmonte, Barra Bonita e Bandeirante, no Extremo Oeste do Estado, estão paralisadas temporariamente. O motivo foi a desistência da empresa Construix Construtora e Incorporadora Ltda, vencedora da licitação. O governo do Estado, entretanto, já está providenciando um novo processo licitatório com previsão de lançamento para março. A expectativa é de que em junho as obras já tenham sido retomadas”.

No entanto, o sumiço dos materiais ainda é uma incógnita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.