Comitê Editorial de Jornalismo da EBC é reformulado com indicação dos próprios trabalhadores

Na quinta-feira, 29/6, integrantes do Comitê Editorial de Jornalismo da EBC realizou a sua primeira reunião com sua nova composição. O órgão previsto no Manual de Jornalismo da empresa pública teve a maior parte de seus membros indicados pelos trabalhadores, pleito antigo das entidades sindicais. O novo órgão é formado por 12 membros titulares e respectivos suplentes, sendo três indicados pela diretoria de jornalismo, oito integrantes escolhidos pelos próprios empregados e o diretor de jornalismo da empresa que presidirá o Comitê.

A criação do Comitê Editorial está prevista no Manual de Jornalismo da EBC. Ele é um órgão colegiado de caráter consultivo e propositivo, vinculado à diretoria de jornalismo da EBC. O Grupo tem o objetivo de auxiliar de modo participativo os setores encarregados das atividades de jornalismo da empresa: TV Brasil, Agência Brasil, Radiojornalismo e Portal EBC. Os novos integrantes foram selecionados a partir de consulta da Comissão de Empregados às redações.

Ana Graziela Aguiar Oliveira, integrante suplente do Comitê, afirma que o fato do órgão ser instituído oficialmente é fundamental para os empregados. “O Comitê irá nortear como os temas devem ser tratados. Discutir nossas pautas e o foco de interesse”, diz.

Segundo Cibele Tenório, membro do Comitê, a formação do órgão com maior participação dos empregados é um pleito antigo dos jornalistas. “É importante que os trabalhadores possam discutir a cobertura de uma forma democrática. Outro ponto importante é que o grupo irá possibilitar pensar no equilíbrio da cobertura, congregando os diferentes segmentos do jornalismo da EBC de forma equilibrada”, afirma.
Para Cibele, a intenção é discutir o jornalismo a partir de uma perspectiva de cobertura multimídia. “É importante que a gente possa ter um Comitê com trabalhadores de todos os veículos para que haja uma diversificação para pensar a cobertura como um todo, não só a partir da televisão. Pensar em rádio, web, redes sociais”, aponta.

Primeira Reunião

O primeiro encontro do grupo teve como pauta as coberturas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, além de tratar de forma geral da linha editorial dos veículos. A estrutura e programação das competições foram colocadas em discussão. O Comitê indica que o esporte seja tratado como ferramenta de cidadania. A valorização do esporte, a cobertura da cidade e histórias de vidas são algumas das estratégias que serão utilizadas para a cobertura dos Jogos.

Outro tema debatido pelo Comitê foi o tratamento que os veículos da EBC irão dar à presidenta Dilma Rousseff. A indicação, conforme preza o manual de redação da empresa, é que deverá ser respeitado como a autoridade prefere ser tratada. Por isso, o Comitê indicou que o termo “presidenta” seja mantido para se referir à Dilma Rousseff.

Saiba mais sobre o Comitê

O Comitê tem o objetivo de sanar dúvidas e encaminhar propostas de deliberação sobre situações remetidas pelo Manual de Jornalismo da EBC, ou não contempladas por ele e cuida de sintonizar a prática diária do jornalismo da EBC e promover ações pontuais de verificação crítica das produções jornalísticas dos seus veículos.

O Comitê Editorial não substitui o discernimento e a responsabilidade de cada profissional e a autoridade decorrente da hierarquia interna. Ele se manifesta para subsidiar a diretoria na criação de normas e padrões. Portanto, não se envolve nas rotinas diárias do jornalismo, mas pode atuar a partir de episódios específicos e pontuais.
(Com informações da Comissão de Empregados da EBC)

Confira o Manual de Jornalismo da EBC: http://www.ebc.com.br/institucional/sites/_institucional/files/manual_de_jornalismo_ebc.pdf

Fonte: SJPDF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.