Com elas, no campo

Por Rosangela Bion de Assis, para Desacato.info.

Seria só uma entrevista mas havia uma mesa coberta de biscoitos, feitos com o açúcar mascavo e tinha flor no chimarrão.

Manhã de primavera, roça de cana, no barranco inclinado.

Eu não precisei me proteger da sinceridade, nem dos sorrisos.

Deixei que a vida delas tocasse a minha.

E também cuidei do bebê, enquanto ela colhia rabanetes,

e limpei o pocinho na vertente d’água.

No jardim, cada flor é um remédio e preciosas sementes são trocadas

e cuidadas para não se contaminarem,

para não se perderem.

A vida da Salete mudou.

Mas elas querem continuar no campo, dependendo do clima.

No ano passado perdeu todo o amendoim, mas ganhou de novo

e as sementes que salvou já deu para os outros.

Eledi não troca essa vida por nenhuma outra,

E no sábado, vai pra horta.

É o que gosta de fazer.

Bom seria se os filhos pudessem ficar por aqui, bom seria.

Rosangela Bion de Assis é jornalista, poetisa e presidenta da Cooperativa Comunicacional Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.