Clandestinas: filme entrevista mulheres que já abortaram

Publicado em: 28/01/2016 às 08:26

O aborto, que é considerado crime no Brasil, ainda é um tabu. Diariamente mulheres abortam, mas procuram clínicas clandestinas ou compram medicamentos e abortam sozinhos. Documentário revela quem são as 'clandestinas' que abortam no Brasil

No Brasil, o aborto ainda é considerado um tabu e há muita hipocrisia na discussão do tema. Pesquisa Nacional de Aborto, da UnB (Universidade de Brasília) mostra que uma em cada cinco mulheres já fez pelo menos um aborto na vida. A maioria delas, segundo a pesquisa, se declarava católica, ou seja, a religião não impediu a interrupção da gravidez.

Relatos reais de quem já vivenciou um aborto são mostrados no recém-lançado documentário “Clandestinas”. A idealizadora, Renata Corrêa, diz que independentemente de a lei considerar o aborto um crime, as mulheres continuam interrompendo as gestações indesejadas.

Com direção de Fadhia Salomão, roteiro de Renata Côrrea e produção de Babi Lopes, o filme relata como o aborto é uma realidade no país, mesmo sendo considerado crime.

 

Fonte: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/01/clandestinas-filme-entrevista-mulheres-que-ja-abortaram.html

Deixe uma Resposta

Your email address will not be published.