Circulação dos grandes jornais brasileiros tem queda vertiginosa em 2015

Os principais jornais brasileiros experimentaram quedas expressivas de circulação ao longo de 2015, segundo dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC).

Entre janeiro e dezembro, a Folha de S.Paulo  caiu 14,1% no impresso e 16,3% no digital, o que gerou uma queda média de 15,1%, superior à do Estado de S. Paulo (8,9%) e à do Globo (5,5%).

Vale observar que os grandes jornais também tiveram redução na circulação digital, o que pode indicar que eles não estão conseguindo se adaptar à era da internet.  Os dados revelam vários fatores. Os jornais, naturalmente, foram afetados pela crise econômica que ajudaram a amplificar. Mas hoje enfrentam uma concorrência crescente de veículos puramente digitais.

Além disso, o modelo de cobrança por conteúdo, dos chamados paywalls (muros de cobrança para quem assina determinada quantidade de artigos), tem tido pouca receptividade no Brasil.

Um outro fator, que pode vir a ser considerado na análise, é o grau de engajamento político dos jornais da imprensa familiar, que passaram a substituir o jornalismo pelo proselitismo político, afugentando uma parcela de seus leitores.

Confira, abaixo, a tabela do IVC:

 

Fonte: PT no Senado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.