Cinemas do Recife barram filme do MBL sobre golpe contra Dilma Rousseff

Procurado por apoiadores do MBL, o Cinemark de Recife se negou a passar o documentário e disse que a empresa “não exibe filmes políticos”

Imagem: Reprodução

Apoiadores do Movimento Brasil Livre (MBL) no Recife tentaram exibir na cidade o documentário que reproduz a visão do grupo sobre o golpe de Dilma Rousseff, em 2016. O filme “Não Vai Ter Golpe”, no entanto, foi rejeitado pelas redes de cinema. Informação é de Daniela Lima, da Folha de S.Paulo.

A rede UCI respondeu ao pedido dizendo que não poder alugar a sala por não ser “atividade autorizada em nosso contrato de locação”. Já no Cinemark, um funcionário afirmou que a empresa não exibe filmes políticos.

O documentário teve sua pré-estreia no começo deste mês de setembro. A história mostra a visão de 2 fundadores do movimento, que também são os diretores, sobre os protestos de 2014 e o golpe da ex-presidente Dilma Rousseff.

O filme busca fazer uma contraposição aos conceituados documentários de Petra Costa, Democracia em Vertigem, e de Maria Ramos, O Processo. No final de “Não Vai Ter Golpe”, o MBL assume tom de mea culpa sobre a sua contribuição para a polarização política do País.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.