Cine Pitangueira exibe “O dia que durou 21 anos”

o-dia-que-durou-21-anos-de-flc3a1vio-tavares-na-foto-o-marechal-castelo-branco-sem-quepePor Rodrigo Schmitt.

O Cineclube Pitangueira exibe na terça-feira, dia 17, às 20 horas, O dia que durou 21 anos, de Flávio Tavares. A sessão integra o Ciclo Regimes Totalitários, que apresenta uma seleção de filmes que retratam manipulações ideológicas e documentam ditaduras. O longa é indicado para maiores de 12 anos.

Em clima de suspense e ação, o documentário apresenta, em três episódios de 26 minutos, os bastidores da participação do governo dos Estados Unidos no golpe militar de 1964 que durou até 1985 e instaurou a ditadura no Brasil.

Pela primeira vez, documentos do arquivo norte-americano, classificados durante 46 anos como “top secret”, são expostos ao público. Textos de telegramas, áudio de conversas telefônicas, depoimentos contundentes e imagens inéditas fazem parte dessa série iconográfica, narrada pelo jornalista Flávio Tavares.

No Ciclo Regimes Totalitários do Cine Pitangueira já foram exibidos Arquitetura da destruição (Undergångens arkitektur), de Peter Cohen e A Onda (Die Welle), de Dennis Gansel. Os próximos títulos previstos são os curtas Desterro e Novembrada, de Eduardo Paredes, no dia 24.

O Cineclube Pitangueira funciona no Casarão da Lagoa e a entrada é gratuita. É uma realização da Cinemateca Catarinense com o patrocínio do Fundo Municipal de Cinema e com o apoio da Prefeitura. Municipal de Florianópolis e da Fundação Franklin Cascaes.

O Quê: Cineclube Pitangueira exibe O dia que durou 21 anos, de Flávio Tavares

Quando: Terça-feira, 17/09, às 20h

Onde: Casa das Máquinas (Praça Bento Silvério, Lagoa da Conceição)

Quanto: Gratuito

Fonte: Floripa Cult.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.