Chapa 1 vence a eleição da FENAJ em Santa Catarina e nacionalmente

eleicaofenaj2013-1024x768O processo de apuração das eleições da FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas) em Santa Catarina se estendeu até as 22 horas de quinta-feira (18/07). Votaram 178 jornalistas. A chapa 1, “Sou jornalista, Sou FENAJ!” obteve 136 votos e a chapa 2, “Luta, FENAJ”, 37. Foram registrados 3 votos em branco e 2 foram anulados. O resultado nacional oficial só será divulgado após a chegada dos dados de todos os estados. Extraoficialmente computa-se aproximadamente 4 mil votantes e a vitória da chapa 1, presidida por Celso Schröder, por ampla maioria.

Em Santa Catarina, 380 profissionais estavam aptos ao voto e a eleição ocorreu nos dias 17 e 18 de julho. As urnas coletoras foram instaladas nas cidades de Florianópolis, Blumenau, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Lages e Joinville. Com os 178 votos contabilizados superou-se o quorum nacional mínimo previsto no Regimento Eleitoral da FENAJ, que é de 30% de participação.

Para a presidente da Comissão Eleitoral Local, Sandra Werle, o processo em Santa Catarina foi tranquilo e com um bom índice de participação da categoria. “Gostaríamos de ter coletado mais votos, mas algumas vezes, quando as urnas volantes foram aos locais de trabalho, o pessoal estava na rua fazendo matéria ou fora de seu turno de trabalho”, registrou, agradecendo a contribuição dos que foram convocados a trabalhar nas mesas coletoras de votos.

Valmor Fritsche, presidente do SJSC, também agradeceu a todos os envolvidos neste processo no estado. “Não é fácil organizar uma foto-768x1024eleição com uma categoria tão espalhada em vários municípios e locais de trabalho como a nossa. As companheiras da Comissão Eleitoral, os mesários, fiscais e candidatos, todos se empenharam na construção de um processo democrático, buscando a mais ampla participação possível da categoria”, disse. “E agradeço também o esforço e a dedicação das funcionárias do SJSC e, especialmente, a todos os profissionais que votaram, pois seu gesto fortalece o movimento sindical dos jornalistas”, completou.

O presidente fez, também, um registro à contribuição do Sindicato dos Trabalhadores na Saúde de Chapecó, do Sindicato dos Servidores Municipais de Blumenau, do Sindicato dos Bancários de Florianópolis, com o empenho pessoal do dirigente Denílson Machado, da Associação dos Municípios da Região Serrana (AMURES), do Ielusc (Joinville), da Prefeitura de Tubarão e da Câmara de Vereadores de Criciúma pela guarda das urnas, disponibilização de mesários, utilização de espaços para que a categoria pudesse votar e apoio na infraestrutura de organização da eleição.

APURAÇÃO

Na contagem dos votos, houve discussão com relação à urna volante 2 de Florianópolis, na qual foram coletados 17 votos. Destes, duas cédulas não foram assinadas pelos mesários e constatou-se que em dois casos os eleitores não assinaram a lista de votantes. Os fiscais da chapa 2 pediram a impugnação da urna. A chapa 1 considerou estar claro que não houve má fé e que se deveria valorizar a participação da categoria. A Comissão Eleitoral Local decidiu anular somente as duas cédulas em que não constavam as assinaturas dos mesários e procedeu a apuração dos outros 15 votos.

COMISSÃO NACIONAL DE ÉTICA

Para a Comissão Nacional de Ética os 5 primeiros colocados em SC foram Sérgio Murillo de Andrade (150 votos), Luiz Azevedo (81), Mário Messagi Jr. (76), Beth Costa (68) e Beatriz Barbosa (63).

Nacionalmente a Comissão Eleitoral aguarda as atas oficiais da apuração em diversos estados para proclamar o resultado oficial.

Veja, a seguir, o resultado Apurado em Santa Catarina.

votacao_total

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.