Centro Socioeconômico da UFSC: OCUPADO!

Centro Socioeconômico da UFSC: OCUPADO!

Por Gabrielle Schardosin, para Desacato.info

Na tarde de ontem (08/11), os estudantes do curso de Relações Internacionais decidiram em assembleia, com mais de 170 alunos presentes, pela ocupação sem paralisação das atividades do Centro Socioeconômico, da UFSC, contra a antiga PEC 241, atual PEC 55. Também decidiram pela suspensão das atividades no dia 11/11, integrando a greve geral. O CSE é o terceiro centro ocupado, depois do CFH e CED que aderiram a mobilização nacional, que tenta barrar a chamada PEC da Morte, no final do mês passado.

Os estudantes estão precisando de doações de alimentos, itens de higiene pessoal, utensílios de cozinha. As atividades da ocupação devem iniciar pela tarde, após a assembleia geral dos estudantes da UFSC, que acontece hoje (09/11), no ginásio de esportes do CDS (Centro de Desportos) às 12h.

Contrariando o aspecto conservador do centro, a ocupação chega em um momento decisivo. A universidade se posiciona contrária a PEC, e outros cursos como Arquitetura e Engenharia Sanitária também já decidiram aderir às ocupações.

E a Economia?

Enquanto isso, no mesmo centro, o curso de Economia continua mostrando-se apático e desmobilizado.

Em assembléia na última segunda-feira (07/11), que ocorreu fora do horário de aulas, impossibilitando a presença de muitos estudantes, e teve caráter consultivo devido à falta de quórum (de 833 estudantes do curso, menos de 60 compareceram), os estudantes manifestaram-se contrários à PEC. Foi realizada também uma consulta pública no dia de ontem, que obteve o mesmo resultado. Entretanto, o CALE (Centro Acadêmico Livre de Economia) continua com seu discurso modorrento de neutralidade política.

O curso vai aderir às paralisações de sexta-feira (11/11), mas segue ignorando o debate e  despolitizando a discussão de um tema que toca majoritariamente nos aspectos econômicos do país.

Você precisa estar logado para postar um comentário Login