Eterno

Eterno

Por Luciane Recieri. Era o amor que poderia se chamar de eterno, sem medo algum das profecias de Vinícius e decair na mesmice dos primeiros namoros. Duraria mais que minha própria história e resistiria àsolidão das revoluções se, porventura, inventassem outras, sabia desde a primeira vez em quevi. Indelével o sorriso, as mãos pousadas, o […]

Banda Somato se apresentou no lançamento do renovado Portal Desacato

A banda é de Florianópolis, Brasil. Foi convidada para acompanhar musicalmente o lançamento do novo modelo do Portal, que está em seu quarto ano editorial, e também a homenagem que foi realizada ao jornalista e escritor Celso Martins, assim como a projeção do filme De Um Golpe, Honduras que está sendo exibido também em Tegucigalpa. […]

Volver

por Priscila Lopes me fez um carinho nas costas, perguntou se eu gostava; comparou nossos joelhos, riu das minhas curvas, que as sobrancelhas eram parecidas com as dele; contou que teve barba até os 23; que a primeira namorada tinha o meu nome, e ele nem sabia, e gostava de ganhar rosas amarelas; que o […]

Cronopiando – El Mundial de Fútbol también apesta

Cronopiando – El Mundial de Fútbol también apesta

Koldo Campos Sagaseta El Mundial de Fútbol también apesta Pero la culpa no es de los árbitros como la mayoría de los medios se ha apresurado a denunciar. Quien genera la pestilencia que envuelve al Mundial de Fútbol y al fútbol en general es la FIFA, esa Federación Internacional de Fútbol Asociado que rige los […]

O ser humano sufocado em sua vontade de ser

O ser humano sufocado em sua vontade de ser

Por Míriam Santini de Abreu. Ontem, a caminho do TRT, na rua Esteves Júnior, eu parei para ouvir um homem que se colocou à minha frente. Ele estava vestido com calça de tergal, camisa branca e se movimentava com o auxílio de duas muletas. Contou, com jeito de quem estava com lágrimas prontas a rolar […]

Algumas Palavras: Uma imagem que iria se perder no vórtice.

Algumas Palavras Uma imagem que iria se perder no vórtice. Por Luciane Recieri. Brasil Rasguei-me inteira para ver de que sou feita – sou feita de seda e pó e sem costuras porque sou humana. Há coisa de uns vinte anos, resolvi dar um presente definitivo a um amigo. Se pudesse, me embrulhava em papel […]

1 204 205 206