Carta ao censor

Por Rosangela Bion de Assis, para Desacato.info.

Reli o texto procurando o conteúdo ameaçador.

Começo falando de crianças e trabalho, realmente essa parte poderia até justificar abuso de desejo, violação da infância dos sentimentos e produtivismo com causa.

Falei da essência

Quanta presunção, compreendo agora.

Quanto se tem 3mil toques, com espaços, é importante focar nas essências, mesmo que sejam pouco aromáticas.

Nem a citação de alguém que não está mais entre nós me protegeu dos vivos.

Vito presente! Só não consegui manter na revista.

Será a palavra ‘limitação’ a culpada?

Ou o entretítulo ‘confuso’ ao lado de ‘desinformado’?

Cansei

A causa pode estar na citação de um maldito.

Pode estar na avaliação esperançosa e objetiva

Pode estar naquela que assina.

Quem sabe?

Ninguém conseguiu explicar

Censores não precisam ter motivos

Eles são o motivo.

Rosangela Bion de Assis é jornalista, poeta e presidenta da Cooperativa Comunicacional Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.