Campanha “só tenha os filhos que puder criar” divide opiniões na internet

“Só tenha os filhos que puder criar”. Campanha no Rio Grande do Sul divide opiniões e gera polêmica nas redes sociais.

Foto: Reprodução

Uma campanha da prefeitura municipal de Quaraí, uma cidade no interior do Rio Grande do Sul, está gerando polêmica no Facebook. O debate começou depois que uma usuária da rede postou uma foto de um outdoor que diz: “Só tenha os filhos que puder criar”.

“Não tem condições emocionais, pessoais e econômicas? Pense bem antes de ter filhos!”, continua o texto da campanha, que ainda mostra um garoto sentado e a hashtag “#AEscolhaÉSua”.

Nos comentários, as pessoas se dividiram entre críticas e apoiadoras da iniciativa da prefeitura. Uma usuária escreveu: “Melhorar a qualidade de vida da população eles não querem, fazer um trabalho direito tbm não. É mais fácil proibir de fazer filho do que dar emprego, educação, dar condições de vida decente pra que o indivíduo possa decidir por ele mesmo.”

O que estão querendo dizer na verdade é, pobres, não tenham filhos porque não queremos que nossos impostos sejam destinados pra construção de escolas, creches, merenda escolar, serviços sociais, etc”, argumentou outra.

Mas também não faltou gente que elogiasse a iniciativa da prefeitura: “Que está campanha atinja todo o país! Sem hipocrisia! Bela campanha”, disse um dos comentaristas.

Uma coisa lógica que só não entende quem não quer. Meios contraceptivos existem vários, ao alcance de todos, seja mulher ou homem. Atualmente só tem filho quem quer”, defendeu outro usuário.

O conteúdo também foi publicado na página do Facebook da Prefeitura com dados que ressaltam a importância do planejamento familiar. “Pesquisas apontam que 55% dos relacionamentos que geraram filhos não planejaram e não estavam preparados para a gestação. 75% dos jovens que tiveram filhos em seus relacionamentos estão fora da escola e sem perspectivas de carreira profissional”.

Em entrevista à rádio Zero Hora, a secretária de Saúde de Quaraí, Fabiana Saldanha, disse que o objetivo da campanha era promover reflexão. “Queremos fazer com que as pessoas reflitam sobre essa grande responsabilidade que é colocar alguém no mundo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.