Câmara de Florianópolis é contra a retirada de crucifixo

Publicado em: 11/09/2017 às 19:53

crucifixo

“Fica o registro de que essa Câmara Municipal é contra a retirada do crucifixo e não respeita a Constituição Federal e sequer seu regimento interno. A manutenção desse símbolo mostra como ainda somos intolerantes com a pluralidade cultural e religiosa no Brasil”, afirmou o vereador Prof. Lino Peres na tribuna. Por 12 votos a 3, a Câmara Municipal de Florianópolis rejeitou hoje o requerimento do nosso mandato que pedia a retirada dos crucifixos da Casa em respeito ao Estado Laico, como determinado pela Constituição Federal. Com os argumentos rasos de sempre, a maioria dos vereadores limitou a discussão ao “deixa como está” sob a alegação de que o símbolo do cristianismo representa a maioria a população e que está presente nas repartições públicas porque é “cultural”.

Ora, o Estado deve ser neutro e nunca favorecer ou discriminar. Enquanto um símbolo religioso for ostentado nas paredes do poder público não haverá igualdade entre os brasileiros.

“Quando se fala em nome de Deus nessa Casa, a que Deus nos referimos? E o que é cultural, afinal? A cultura é muito mais ampla do que isso e não pode ser reduzida ao símbolo da cruz, onde está o respeito às outras crenças?”, questionou Lino. Lino também anunciou que vai pedir uma audiência pública para discutir tema tão complexo e com a devida participação da sociedade.

 

Fonte: Lino Peres

Deixe uma resposta