Brasil tem 5717 casos e 201 mortes por coronavírus, diz Ministério da Saúde

Houve um aumento de 1138 casos, o maior número de infectados confirmados em um dia até o momento

FOTO: MLADEN ANTONOV/AFP.

Por Giovanna Galvani.

O Brasil tem 5717 casos confirmados de coronavírus e, até esta terça-feira 31, 201 mortes em decorrência da doença. Os dados foram atualizados pelo Ministério da Saúde e mostram um aumento de 1138 casos em 24h – o maior salto até o momento.

São Paulo lidera o ranking, com 2339 infectados e 136 óbitos, e vem seguido do Rio de Janeiro, com 708 casos confirmados e 23 mortes, e do Ceará, que confirma 390 casos e 7 mortes no estado.

Apesar de ter apenas 18 casos confirmados até o momento, o Piauí tem a maior taxa de mortalidade até o momento, já que 4 pessoas já morreram no estado – o que resulta em uma mortalidade de 22,2%.

No levantamento feito a partir da contagem liberada pelas secretarias estaduais de saúde, a última atualização apontava para 168 mortes e 4715 casos da doença Covid-19, causada pelo vírus.

Segundo a contabilidade do Ministério, há 19.531 hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave no Brasil, o que representa um aumento de 149% em relação a 2019. Disso tudo, só 1075 casos foram confirmados pra Covid-19 até o momento.

Medidas de isolamento ainda são as mais recomendadas por autoridades nacionais e internacionais de saúde, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), para controlar a crise. A medida vai contra o que afirmou o presidente Jair Bolsonaro, que omitiu parte de uma fala do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, e fez com que parecesse que o diretor não apoiava o isolamento.

Houve um aumento de 1138 casos, o maior número de infectados confirmados em um dia até o momento

O Brasil tem 5717 casos confirmados de coronavírus e, até esta terça-feira 31, 201 mortes em decorrência da doença. Os dados foram atualizados pelo Ministério da Saúde e mostram um aumento de 1138 casos em 24h – o maior salto até o momento.

São Paulo lidera o ranking, com 2339 infectados e 136 óbitos, e vem seguido do Rio de Janeiro, com 708 casos confirmados e 23 mortes, e do Ceará, que confirma 390 casos e 7 mortes no estado.

Apesar de ter apenas 18 casos confirmados até o momento, o Piauí tem a maior taxa de mortalidade até o momento, já que 4 pessoas já morreram no estado – o que resulta em uma mortalidade de 22,2%.

No levantamento feito a partir da contagem liberada pelas secretarias estaduais de saúde, a última atualização apontava para 168 mortes e 4715 casos da doença Covid-19, causada pelo vírus.

Segundo a contabilidade do Ministério, há 19.531 hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave no Brasil, o que representa um aumento de 149% em relação a 2019. Disso tudo, só 1075 casos foram confirmados pra Covid-19 até o momento.

Medidas de isolamento ainda são as mais recomendadas por autoridades nacionais e internacionais de saúde, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), para controlar a crise. A medida vai contra o que afirmou o presidente Jair Bolsonaro, que omitiu parte de uma fala do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, e fez com que parecesse que o diretor não apoiava o isolamento.

“As pessoas sem renda regular ou qualquer colchão financeiro merecem políticas sociais que garantam a dignidade e lhes permitam cumprir as medidas de saúde pública recomendadas pelas autoridades nacionais de saúde e pela OMS”, escreveu Ghebreyesus nas redes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.