O dia 29 de setembro foi um dia histórico e de muito aprendizado para nós, cobrimos uma marcha contra o fascismo que ameaça nosso pais dependendo dos resultados das eleições amanhã, por isso vamos relembrar por que o candidato Jair Messias Bolsonaro não é uma opção para nós.
Confira mulheres falando por que #BolsonaroNão

O ato que hoje acontece no Brasil tem características únicas dentro de um processo eleitoral. A candidatura à presidência da república do capitão reformado Jair Bolsonaro, suas afirmações e atitudes e as do seu candidato a vice-presidente, General Hamilton Mourão, motivaram uma grande mobilização das mulheres no Brasil que tem o apoio em outros países na região e na Europa.

Nesta matéria, reproduzimos as mensagens de mulheres e homens que apoiam e convocaram a este grande ato de repúdio ao candidato do PSL. Assista!

Redação

Susana Souto, professora e pesquisadora da UFAL, manda a sua mensagem para sábado 29 de setembro. Em Maceió, o ato #BolsonaroNão será no Alagoinhas.

Cristina Álvarez Rodríguez, deputada nacional argentina e sobrinha neta de Eva Perón, se solidariza à luta das mulheres brasileiras e envia a sua mensagem.

A historiadora, Doutora em Geografia e escritora catarinense Urda Alice Klueger nos fala do risco do Brasil repetir um episódio específico da história mundial. Confira a sua mensagem!

Assim como no resto do Brasil e vários países do mundo, as mulheres de Blumenau também tem uma mensagem para o sábado 29 de setembro. A mensagem foi enviada pela jornalista Manoella Back.

Mulheres do mundo, uni-vos!

Assim como no resto do Brasil e vários países do mundo, as mulheres de Blumenau também tem uma mensagem para o sábado 29 de setembro.

Mulheres do mundo, uni-vos!

Maria Dantas, sempre didática, manda seu recado desde a cidade de Barcelona, onde também será realizado um ato para falar #BolsonaroNão!

A psicóloga Suzana Sedrez, de Balneário Camboriú, acrescenta mais um motivo pelo qual lutar no sábado 29 e todos os dias em que preciso for. Confira!

 

Militante ambiental e artista popular, Verônica Loss, enviou sua mensagem desde a fronteira do departamento de Rivera, Uruguai.

A jornalista catarinense, Adriane Canan, enviou sua mensagem de convocação desde Roma.

De Londres vamos recebendo materiais via nossa querida Giselle Zambiazzi sobre esse dia tão importante: #BolsonaroNão, #BolsonaroJamais!

Vídeo de Carol Ristow, de Londres, para Desacato.info.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.