Bolsonaro, o novo que já veio velho. Por Jean Carlos Carlesso.

O presidente Jair Bolsonaro Foto: Evaristo Sá / AFP

Por Jean Carlos Carlesso, para Desacato. info.

Nosso Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, cresceu no imaginário popular como o cavaleiro teutônico, montado em seu cavalo branco, com capa e armadura reluzente, que surgiu do nada para salvar a nação brasileira que se encontra sob o domínio de políticos corruptos e de comunistas enrustidos em todos os cantos das estruturas do poder e da economia brasileira.

Não foi uma, nem duas vezes que Bolsonaro falou alto para todos ouvirem que a velha política tinha que morrer, que ele seria um novo e não se venderia, que a roubalheira acabaria com ele no poder. Infelizmente, agora vemos que tudo foi mentira.

Muitos eleitores, como eu, já sabiam que isso tudo era discurso para enganar os incautos, para então conseguir o poder e poder se aproveitar de mais oportunidades que as rédeas do Estado permitem.

Agora, milhões de brasileiros acordam desse pesadelo e dizem “como eu pude acreditar nesse homem e ser tão facilmente enganado por ele”?

Essa pergunta é feita seguidamente por milhares de brasileiros após cada ciclo de eleições, e não conseguem entender que a verdade está escondida por de trás das aparências. Todo o brasileiro precisa aprender que para acertar o voto é necessário olhar para o passado do candidato, ver seus feitos e seus exemplos, e não se deixar enganar pelo aparente, pelo o que aparece na propaganda eleitoral ou no discurso das massas.

Quando alguém me faz aquela pergunta, eu sempre digo o seguinte: Se um candidato for honesto ele vai dizer para todos que é honesto, e se um candidato for corrupto, ele vai dizer para todos que é corrupto? É evidente que não, todos sempre dirão que são honestos, cabe a você, eleitor, pesquisar o passado e ver seus feitos.

Mas agora o estrago já foi feito, temos no poder um homem ignorante e maléfico que está destruindo a república e levando milhares de brasileiros à morte por sua negligência no combate ao Corona vírus. Mas não é só isso, agora o “novo” presidente acabou de gastar mais do que Dilma e Temer no cartão corporativo . Mais de uma vez utilizou esse ponto em sua campanha para difamar os seus antecessores do poder.

Ele também decidiu se aliar ao velho e corrupto centrão , loteando cargos políticos e dinheiro em troca de apoio parlamentar para impedir o tão urgente impeachment de que é alvo. Ele berrava aos ventos a barbaridade dos presidentes do PT ao “interferirem” na autonomia da Polícia Federal, mas agora é ele que perde seu principal ministro para tentar trocar o diretor geral da PF para poder trocar a direção da unidade do Rio de Janeiro, a qual investiga seus filhos pela prática de crimes, como de corrupção, formação de quadrilha e de ligação com as milícias.

Espero que após essa dura lição, a maioria do povo brasileiro entenda que votar é tão importante quanto trabalhar e cuidar da família, pois do contrário, o homem que elegem, pode destruir o seu labor e te deixar desempregado ou até matar a sua família por causa de uma nova doença que surgiu inesperadamente, pois não tomou as medidas cientificas recomendadas.

Rezo para que o povo entenda que sem gostar de política, e sem participar efetivamente dela, não há bons tempos por virem, mas somente de desgostos e de engodos que levarão a repetir novamente a seguinte frase “como eu pude acreditar nesse homem e ser tão facilmente enganado por ele”?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.